Geral
publicado em 18/06/2011 às 14h30:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+

Pesquisa de mestrado da Universidade Federal Fluminense (UFF) demonstra que tanto a rede pública de serviços, como o enfermeiro, não atendem às necessidades de saúde do usuário de álcool e outras drogas na perspectiva da integralidade da assistência. Entre as principais questões apontadas estão a falta de capacitação para o atendimento e o tempo não disponível em virtude do acúmulo de atividades na rotina diária do profissional de enfermagem, além da resistência ou não aceitação pelo usuário ao tratamento e as dificuldade de acesso ao atendimento.

A pesquisa " Atuação do enfermeiro na atenção ao usuário de álcool e outras drogas nos serviços extra hospitalares" , conduzida pela professora Cláudia Mara de Melo Tavares, da Escola de Enfermagem da UFF, e sua orientanda de mestrado, Sonia Silva Paiva Mota Gonçalves, foi realizada entre julho de 2005 a janeiro de 2006, com 30 enfermeiros de cinco municípios da Região Centro-Sul Fluminense: Areal, Comendador Levy Gasparian, Paraíba do Sul, Sapucaia e Três Rios.

Na região selecionada, que possui 153.610 habitantes, os programas da Política Nacional de Atenção ao Usuário de Álcool e outras Drogas ainda não foram implantados. Entretanto, os enfermeiros, mesmo sem realizarem capacitação para lidar com essa população específica, assumem o cuidado à clientela, confirmando sua liderança histórica em práticas educativas e promocionais em saúde.

Desafios

Segundo afirma a professora Cláudia Mara, coordenadora do Núcleo de Pesquisa Ensino, Criatividade e Cuidado em Saúde e Enfermagem, a experiência com a atenção a usuários de álcool e drogas coloca o enfermeiro face a face com inúmeros desafios: trabalhar numa perspectiva diferente daquela aprendida na formação acadêmica, altamente prescritiva e centrada na doença; enfrentar a sua própria ansiedade, insegurança, preconceito e até incapacidade para lidar com o usuário de álcool e drogas; programar atividades com base em políticas ministeriais que ainda não estão consolidadas na região e nem valorizadas pelos gestores locais; criar protocolos de atendimento que permitam o monitoramento e avaliação de ações de enfermagem desenvolvidas junto ao usuário de álcool e drogas na região; e trabalhar em equipe e em rede, de forma a assegurar a integralidade da assistência.

Diante da relevância que o problema de álcool e outras drogas assume para a saúde pública, considera-se que o preparo de profissionais de enfermagem para atuar junto a essa clientela deva ocorrer em toda a rede de saúde. A capacitação deve privilegiar uma abordagem transversal e interdisciplinar dos problemas vivenciados em cada local de trabalho, pois, quando ocorre uma aprendizagem significativa, o enfermeiro atua de forma mais criativa e engajada.

Fonte: Isaude.net
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Pesquisa    mestrado    Universidade Federal Fluminense    UFF    rede pública    enfermeiro    usuário    álcool    drogas    integralidade    assistência    falta de capacitação    tempo    acúmulo    atividades    profissional de enfermagem    resistência    tratamento    dificuldade    acesso    atendimento.   
  • Leia mais
  • Leia mais notícias de Geral
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.