Ciência e Tecnologia
publicado em 15/06/2011 às 10h00:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: FDA
Potiga (ezogabine) comprimidos, após testes em laboratórios, foram aprovados pela FDA
  « Anterior
Próxima »  
Potiga (ezogabine) comprimidos, após testes em laboratórios, foram aprovados pela FDA

A agência reguladora de alimentos e medicamentos dos EUA (FDA) aprovou o uso do fármaco Potiga (ezogabine) no tratamento de convulsões associadas à epilepsia em adultos. A droga foi aprovada para uso em crises parciais, o tipo mais comum de convulsão observada em pessoas com epilepsia.

As crises parciais afetam apenas uma área limitada, mas pode se espalhar para outras partes do cérebro. "Cerca de um terço das pessoas com epilepsia não conseguem controlar as crises de maneira satisfatória com os tratamentos que estão usando. Por isso é importante ter uma variedade de opções de tratamento disponíveis para pacientes com epilepsia", disse Russell Katz, da FDA.

Potiga é o primeiro abridor do canal de potássio neuronal desenvolvido para o tratamento da epilepsia. Embora o mecanismo de ação ainda não esteja firmemente estabelecido, a droga pode agir como um anticonvulsivante a partir da redução da excitabilidade obtida com a estabilização dos canais de potássio neuronal em uma posição, explica.

As reações adversas mais comuns relatadas por pacientes que tomaram Potiga em ensaios clínicos foram: tontura, fadiga, confusão, sensação de vertigem, tremores, problemas de coordenação, visão dupla, problemas de atenção, diminuição da memória, falta de força e visão duplicada. O medicamento pode causar retenção urinária, dificuldade em esvaziar a bexiga completamente. Quando a retenção urinária ocorre, é geralmente durante os primeiros seis meses de tratamento, embora possa também ocorrer mais tarde. Devido ao risco de retenção urinária, sintomas urológicos, tais como a incapacidade de começar a urinar, jato urinário fraco e dor ao urinar devem ser cuidadosamente monitorados.

Potiga pode causar sintomas neuro-psiquiátricos, incluindo confusão, alucinações e sintomas psicóticos. Quando Potiga é interrompido, esses sintomas geralmente desaparecem dentro de sete dias. Como outras drogas antiepilépticas, o Potiga pode causar pensamentos ou ações suicidas em um número muito pequeno de pessoas. Os doentes devem acionar o médico imediatamente se elas apresentarem pensamentos suicidas, ansiedade, depressão ou outras alterações anormais no comportamento ou humor.

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   Convulsões    Anticonvulsivo    Potiga    FDA    Russell Katz   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
convulsões    anticonvulsivo    Potiga    FDA    Russell Katz   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.