Ciência e Tecnologia
publicado em 10/06/2011 às 19h00:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+

A proteína do sangue conhecida como proteína D surfactante (SP-D) , sintetizada principalmente nos pulmões, tem sido descrita como "um bom indicador" da doença cardiovascular depois de um amplo estudo na América do Norte. Os pesquisadores descobriram que os níveis circulantes de SP-D foram claramente associados a doenças cardiovasculares e à mortalidade total dos pacientes com doenças coronarianas diagnosticadas angiograficamente independente de outros fatores de risco bem estabelecidos (como a idade, o tabagismo, os níveis de colesterol e de proteína C-reativa).

Nos pulmões, a SP-D tem um papel na resposta defensiva do corpo aos muitos microrganismos e antígenos inalados a cada dia. Os níveis sanguíneos de SP-D aumentam quando os pulmões estão inflamados e funcionando mal. Os níveis de sangue também aumentam naqueles que fumam ou que desenvolvem uma doença pulmonar crônica como asma ou enfisema.

Nas pessoas saudáveis, com funcionamento sanguíneo normal, os níveis de SP-D são baixos, mas quando o funcionamento pulmonar é prejudicado (por infecções, tabagismo e COPD), a SP-D vaza dos pulmões para o sangue e, em seguida, para a circulação, aumentando a risco de aterosclerose.

Este estudo teve como objetivo determinar se a SP-D circulante está ou não relacionada com a morbidade e mortalidade cardiovascular em dois grupos independentes: o primeiro, uma grande coorte de pacientes que fizeram uma angiografia coronária por suspeita de doença arterial coronariana (CAD) e, o segundo, uma coorte "de replicação" de fumantes e ex-fumantes com restrição de fluxo de ar leve, mas sem histórico conhecido de doença cardiovascular.

"Sabemos há muito tempo que a inflamação pulmonar crônica está associada com um risco aumentado de mortalidade cardiovascular e total. No entanto, além de testes de funcionamento pulmonar, não existem biomarcadores universalmente aceitos que possam prever esses acontecimentos com clareza. Estudos recentes identificaram a SP-D como um possível biomarcador de inflamações pulmonares e de lesões - por exemplo, os níveis circulantes de SP-D são quase 40% maiores em fumantes ativos do que em pessoas que nunca fumaram, e aumentam ainda mais nos indivíduos com função pulmonar prejudicada. Nossa hipótese era de que, na circulação sistêmica, a SP-D pode promover aterosclerose", disse o pesquisador Dr. Don Sin do Providence Heart and Lung Institute at St Paul' s Hospital.

Os níveis plasmáticos de SP-D foram medidos em 806 pacientes com angiografia coronária. Estes pacientes vieram da coorte do Vancouver Coronary Angiography encaminhados para angiografia entre 1992 e 1995. A doença arterial coronariana (CAD) foi definida como qualquer lesão que causa pelo menos 20% de estenose (CAD grave pelo menos 50%). O acompanhamento continuou até 2007, com resultados primários definidos como mortalidade por doença cardiovascular. A coorte de replicação veio do Lung Health Study e incluiu pacientes com COPD leve ou moderada.

Os pacientes com angiografia que morreram durante o acompanhamento (30% da coorte) apresentaram níveis de SP-D plasmáticos significativamente mais elevados do que aqueles que sobreviveram (mediana de 85,4 vs. 64,8 ng/mL; P <0,0001). Aqueles no quintil mais alto de SP-D tiveram um risco 4,4 vezes maior de mortalidade por CAD do que aqueles com quintis mais baixos, independente da idade, do sexo e dos níveis de lipídios plasmáticos.

Oito por cento dos pacientes deste grupo tinham CAD (comprovada pela angiografia), 71% tinham CAD grave, e 29% tinham evidência angiográfica de doença coronariana tri-arterial. As doenças cardiovasculares foram responsáveis por 45% do total de óbitos neste grupo.

No grupo de fumantes e ex-fumantes, os níveis séricos de SP-D foram maiores naqueles que morreram ou foram hospitalizados por doenças cardiovasculares do que naqueles que não chegaram a este ponto (mediana 99,8 vs 90,6 ng/mL; P = 0,0001).

O Dr. Sin descreveu a associação entre os níveis circulantes de SP-D e as doenças cardiovasculares como "forte", mas enfatizou que o estudo foi desenhado para determinar a causalidade. " Com base em nossos dados, não podemos determinar se a SP-D foi intrinsecamente envolvida na patogênese dos eventos cardiovasculares ou um epifenômeno da inflamação pulmonar" , disse ele.

No entanto, ele concordou que os níveis circulantes SP-D foram um forte preditor da mortalidade cardiovascular, independente de outros fatores de risco. "Nossos dados certamente implicam a inflamação pulmonar na patogênese de doenças cardíacas e dos vasos sanguíneos e aumentam a possibilidade de utilização desta proteína como um biomarcador para estratificação do risco em pacientes com doença cardiovascular muito melhor do que o fazem os marcadores tradicionais de colesterol sérico e de proteína C-reativa. A SP- D pode fornecer um simples exame de sangue para determinar quem tem doenças pulmonares e que também está em alto risco de doenças cardíacas e dos vasos sanguíneos. Esses pacientes poderiam ser alvo de intervenções como a cessação do tabagismo e o tratamento medicamentoso para reduzir seu risco de doença cardíaca".

Fonte: Isaude.net
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
proteína D surfactante    SP-D    pulmão    doença cardiovascular    doença pulmonar obstrutiva crônica    doença arterial coronariana    aterosclerose    estenose   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.