Ciência e Tecnologia
publicado em 08/06/2011 às 20h00:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+

Pesquisadores da Universidade de Yale, nos Estados Unidos, identificaram uma via pela qual espécies reativas de oxigênio (ERO), que são geralmente implicadas no processo de envelhecimento em razão dos danos causados ao DNA, também podem atuar como moléculas de sinalização celular que prolongam o tempo de vida.

O estudo fornece uma maior compreensão sobre os mecanismos subjacentes ao processo de sinalização de ERO. Um maior número de ERO e seus efeitos em nível celular podem levar ao estresse oxidativo. Mas as ERO também são necessárias para o bom funcionamento do sistema imunológico e outras funções biológicas.

Usando o organismo das leveduras como modelo, a equipe tentou determinar se a regulação de ERO e de sua capacidade de atuar como molécula de sinalização pode ter impacto no processo de envelhecimento.

Inibir uma via de sinalização denominada Alvo da Rapamicina (TOR), que está envolvida na percepção de nutrientes e no crescimento celular, aumenta a longevidade no fermento, como faz em camundongos. A equipe descobriu que uma das principais maneiras através da qual isto ocorre é, alterando a função das potências celulares chamadas mitocôndrias para que elas produzam mais ERO sinalizadores.

"O conceito de que as ERO são moléculas de sinalização celular importantes, e não apenas agentes de dano e estresse, tem crescido e passado a ser amplamente aceito . Surpreendentemente, neste estudo, mostramos que a sua produção de qualidade através da mitocôndria pode até mesmo fornecer um sinal de adaptação que pode retardar o envelhecimento", disse o autor , Gerald S. Shadel.

Desde que a via TOR opera basicamente da mesma forma em leveduras e em seres humanos, as novas ligações de ERO mitocondrial sinalizadores e o envelhecimento neste estudo pode ser mais amplamente aplicável. Shadel di z que novas maneiras de intervir em patologias relacionadas com a idade podem ter origem a partir desses estudos básicos.

"Ensaios de segmentação da via TOR como uma estratégia contra o câncer em seres humanos já estão em andamento. Nosso estudo sugere que mitocôndrias que cuidadosamente aumentem a produção de ERO em humanos também podem ser benéficas no combate ao envelhecimento e doenças associadas" explicou.

Fonte: Isaude.net
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
espécies reativas de oxigênio    envelhecimento    Universidade de Yale    Gerald S. Shadel   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.