Geral
publicado em 30/05/2011 às 18h00:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: José Pantoja/Sespa
Foto: Elcimar Neves/ Ag. Pará
Foto: José Pantoja/Sespa
Foto: Eliseu Dias/Ag. Pará
Durante os feriados, as campanhas são intensificadas nos portos de Belém Campanhas realizadas junto às embarcações no Pará contra o escalpelamento Direção da Orvan durante a 13ª Oficina Educativa de Atenção às Vítimas do Escalpelamento, no Pará Fachada da sede do grupro Orvam, que luta pelo fim dos escalpelamentos
  « Anterior
Próxima »  
Durante os feriados, as campanhas são intensificadas nos portos de Belém
Campanhas realizadas junto às embarcações no Pará contra o escalpelamento
Direção da Orvan durante a 13ª Oficina Educativa de Atenção às Vítimas do Escalpelamento, no Pará
Fachada da sede do grupro Orvam, que luta pelo fim dos escalpelamentos

Só nos primeiros cinco meses de 2011, o Estado do Pará registrou quatro acidentes com escalpelamento. Nos últimos 10 anos, foram 227 casos. A Organização Não Governamental dos Ribeirinhos Vítimas de Acidentes de Motor (Orvam) mantém cadastradas mais de 50 mulheres de vários municípios paraenses.

Na Orvam, inaugurada em janeiro deste ano, as vítimas desenvolvem trabalhos artesanais, confeccionam perucas e recebem acompanhamento fisioterapêutico e psicológico. A entidade é coordenada pela assistente social Cristina Santos.

A Comissão Estadual de Erradicação do Escalpelamento visitou pela primeira vez a sede da ONG, no dia 27 de maio. O objetivo foi abrir um canal de comunicação e de atendimento às mulheres já atendidas pela. Outra finalidade foi explicar as atribuições da Comissão Estadual de Erradicação do Escalpelamento e inseri-la na agenda de reuniões mantida pelo grupo.

" A intenção é deixar a Orvam informada sobre as ações do Estado na prevenção deste acidente e no melhor encaminhamento às vítimas, já que a busca ativa por elas continua" , explica Socorro Silva, da Secretaria de Estado da Saúde do Pará.

Os 227 acidentes com escalpelamento no Pará foram registrados de 2000 a 2010, sendo 25 em 2000; 18 em 2001; 37 em 2002; 31 em 2003; 30 em 2004; 12 em 2005; 12 em 2006; 23 em 2007; 14 em 2008; 20 em 2009 e apenas cinco no ano de 2010, nos municípios de Muaná (1), Bagre (1), Curralinho (2) e Anajás (1).

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   Escalpelamento    Atendimento    Pará    Orvam   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
escalpelamento    atendimento    Pará    Orvam   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.