Ciência e Tecnologia
publicado em 09/05/2011 às 10h30:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+

Pesquisa feita na Universidade de Tecnologia de Queensland, na Autrália, revela que crianças com deficiência e seus pais podem se beneficiar de sessões de musicoterapia, melhorando as habilidades motoras, sociais e de comunicação.

A pesquisadora Kate Williams verificou o efeito da intervenção terapêutica Sing & Grow (Cante e Cresça) em crianças com deficiência e constatou que a musicoterapia também proporcionou benefícios para a ligação entre pais e filhos e para a saúde mental dos pais.

A musicoterapia é uma indústria pequena, mas crescente na Austrália e envolve terapeutas que trabalham com crianças e pais, usando a música e o canto como ferramentas para trabalhar nas áreas de desenvolvimento, tais como habilidades sociais e comportamentais, para ajudar a acalmar crianças e bebês, estimular habilidades motoras e incentivar uma criação positiva.

"Os musicoterapeutas fornecem uma gama de serviços para crianças com e sem deficiência e seus pais em uma ampla gama de configurações, que provavelmente é potencialmente benéfica", diz Williams.

Segundo ela, são é utilizado o auto-relato dos pais, bem como as observações do terapeuta através da intervenção de 10 sessões. "Descobrimos que os efeitos da musicoterapia foram todos muito positivos para as crianças com deficiência e, para mim, a parte mais interessante foi o efeito que tinha sobre a saúde mental dos pais. Ficamos surpresos e satisfeitos que isso tenha acontecido porque demonstra que a musicoterapia pode ser uma experiência positiva partilhada entre pais e filhos. Nós descobrimos que havia algumas conexões muito grandes sendo feitas entre as crianças, os pais e entre cada par mãe-filho", comentou.

As sessões geralmente eram compostas de uma canção de saudação, canções de "ação", e da utilização de diversos instrumentos, de dança, de percussão e de desaceleração. "Há uma série de pesquisas mostrando que a música é muito motivadora para as crianças, e é muito raro encontrar uma criança cuja atenção não seja capturada pela música", diz Williams.

Ela explica que é possível usar a música como uma atração para depois trabalhar com as crianças com coisas menos atraentes ou divertidas que são importantes, como as habilidades motoras. "A música e o cérebro funcionam bem juntos, e estimular as áreas rítmicas do cérebro pode estimular as respostas motoras e os reflexos; também há ligações no cérebro entre a música e a linguagem. Muito desta pesquisa foi feita com adultos, mas o mesmo se aplica às crianças", explica.

Williams informa que havia cerca de 400 musicoterapeutas registrados na Austrália, trabalhando em diversas áreas, inclusive com bebês e crianças, no cuidado de idosos e na reabilitação. "Os musicoterapeutas têm longas listas de espera, então há uma demanda. E, certamente, nossa pesquisa mostrou que a resposta das crianças e de seus pais foi totalmente positiva".

O projeto Sing & Grow é apresentado nacionalmente pelo Playgroup Queensland com financiamento do governo australiano por meio do Departamento de Famílias, Habitação, Serviços Comunitários e Assuntos Indígenas.

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   Musicoterapia    Crianças    Pais    Deficientes    Desenvolvimento   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
musicoterapia    crianças    pais    deficientes    desenvolvimento   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.