Ciência e Tecnologia
publicado em 05/05/2011 às 14h39:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: TU Delft
Estudo trabalha na luta contra as fobias e transtornos psicóticos utilizando a tecnologia virtual, atrvés do sistema VRET systems (Virtual Reality Exposure Therapy)
  « Anterior
Próxima »  
Estudo trabalha na luta contra as fobias e transtornos psicóticos utilizando a tecnologia virtual, atrvés do sistema VRET systems (Virtual Reality Exposure Therapy)

Luta contra fobias e transtornos psicóticos utilizando a tecnologia virtual. Método é capaz de proporcionar soluções para problemas como o medo de voar e, a longo prazo, desordens sociais. A nova abordagem foi desenvolvida por pesquisadores da Delft University of Technology, na Holanda.

O líder do estudo, Willem-Paul Brinkman e seus colegas estão desenvolvendo os chamados Sistemas VRET (Virtual Reality Exposition Therapy), que pode ser usado para ajudar as pessoas a lidar com suas angústias, como medo de avião, medo de altura ou claustrofobia e transtornos psicóticos, como paranoia.

Medo de voar

Um dos primeiros produtos a sair do Laboratório de Computação foi um assento de avião vibratório. Os pesquisadores têm trabalhado com outras equipes para desenvolver um sistema que permite às pessoas com medo de voar experimentarem o som e a sensação de voar através de um capacete de realidade virtual e das vibrações do assento como se estivessem realmente no ar. Isso os ajuda a ficarem expostos à situação temida e assim superar o medo. O sistema já está sendo usado de forma intensiva.

Pub virtual

Recentemente, o trabalho de Brinkman tem se concentrado em programas como o bar virtual que é projetado para ajudar pessoas com problemas sociais. A ideia é reconstruir o ambiente social em um mundo virtual e expor as pessoas para permitir que psiquiatras estudem os sintomas psicóticos mais eficazmente e, finalmente, proporcionem uma melhor ajuda aos pacientes.

O pub virtual ainda está em fase piloto. Tudo precisa ser feito para que pareça ainda mais assustador. Os pacientes acham extremamente assustador quando as pessoas olham para eles por longos períodos. Assim, este recurso deve ser adicionado. Também deve ser possível realizar uma simples conversa.

"Nós já realizamos uma pesquisa sobre o que acontece quando expomos as pessoas a um ambiente cheio e às pessoas de uma etnia diferente, dois fatores que são conhecidos para se relacionarem com a psicose. Pessoas com paranoia parecem mostrar uma resposta similar a situações do mundo virtual e no mundo real", explica o pesquisador Wim Veling.

Os investigadores gravaram as reações das pessoas através de medições físicas. Há alterações no padrão da produção batimentos cardíacos e suor, e estes podem ser analisados por programas de computador.


Terapia

O objetivo da pesquisa é, em última análise, desenvolver um método para a terapia cognitivo-comportamental.

"Agora, os pacientes nos dizem mais tarde que eles estavam com medo quando estavam sentados no bar, por exemplo, porque sentiram que estavam sendo observados", explica o professor Mark Van der Gaag. "Ou que ouviram fragmentos de conversas e pensavam que as pessoas falavam sobre ele. Em casos como estes, a sua resposta é fugir."

"No mundo virtual, nós os incentivamos a responder de forma diferente. O limite para permanecer na trama para mais um passo é menor, porque você sabe que não há nenhum perigo real. O paciente percebe que as pessoas eventualmente desviam o olhar e não há realmente nada de errado", acrescentou.

Fonte: Isaude.net
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
fobias    trantornos psicóticos    realidade virtual    Delft University of Technology    Willem-Paul Brinkman   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.