Geral
publicado em 15/04/2011 às 14h21:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+

A agência reguladora de alimentos e medicamento dos Estados Unidos, a Food and Drugs Administration (FDA), aprovou o Sistema de Tratamento de Aneurisma cPAX para a cirurgia em aneurismas cerebrais que são difíceis de controlar devido ao seu tamanho e forma.

Atualmente os aneurismas podem ser reparados em duas formas: os cirurgiões podem fechar a base do aneurisma com um grampo cirúrgico, ou usar uma técnica conhecida como bobinamento, no qual os cirurgiões usam um cateter para transportar uma bobina metálica através de um vaso sanguíneo na virilha e no vaso sanguíneo do cérebro, que contém o aneurisma. Em seguida, os cirurgiões preenchem o aneurisma com as bobinas destacáveis que bloqueiam a circulação sanguínea e causam coagulação, efetivamente destruindo o aneurisma.

Aneurismas maiores de 10 milímetros são difíceis de tratar com o grampo cirúrgico ou o bobinamento. O Sistema de Tratamento de Aneurisma cPAX é indicado para uso em pessoas com esses aneurismas cerebrais maiores.

"Assim como o bobinamento, o Sistema de Tratamento de Aneurisma cPAX é uma forma de reparação endovascular", explicou Christy Foreman, da FDA. "Mas, em vez de pequenas bobinas metálicas, ele utiliza um material de polímero especial para preencher o espaço dentro do aneurisma."

O material polimérico de preenchimento do cPAX pode ser colocado eficazmente no aneurisma de duas maneiras, seja pela inserção através de aberturas em um stent permanente, que é um metal minúsculo colocado junto a parede do vaso, ou usando um cateter temporário para bloquear a abertura do aneurisma e impedir o material de preenchimento de sair do aneurisma, uma vez que está sendo entregue.

Ao preencher o espaço dentro do aneurisma com material de implante, o fluxo sanguíneo através do aneurisma é interrompido e todo o espaço restante em torno do material de implante coagula. Quando preenchido com material de implante e coágulos de sangue o risco de ruptura do aneurisma diminui.

O Sistema de Tratamento de Aneurisma cPAX foi aprovado em 01 de abril de 2011, sob uma isenção humanitária do dispositivo (HDE). A HDE torna dispositivos médicos disponíveis para pacientes com condições médicas raras que afetam menos de 4 mil pessoas por ano. A aprovação deste HDE foi baseado em dados de segurança de dois estudos de 43 indivíduos.

O sistema cPAX dispositivo é indicado para uso em adultos com 22 anos de idade e mais velhos e não deve ser utilizado em doentes com uma infecção ativa ou naqueles em que a anticoagulação e antiagregação é contra-indicada.

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   Aneurisma cerebral    Sistema de Tratamento de Aneurisma cPAX    FDA    Christy Foreman   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
aneurisma cerebral    Sistema de Tratamento de Aneurisma cPAX    FDA    Christy Foreman   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.