Ciência e Tecnologia
publicado em 03/04/2011 às 13h00:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+

Pesquisadores devem envolver ativamente, gays, lésbicas bissexuais e transexuais (LGBT) em estudos sobre saúde e coletar de dados sobre essas populações para identificar e compreender melhor as condições de saúde que as afetam. É o que defende a instituição norte-americana National Academy of Sciences.

Segundo os pesquisadores a escassez de investigação fornece uma imagem incompleta do estado de saúde e das necessidades desse grupo, que é ainda mais fragmentado pela tendência de tratar as minorias sexuais como um único grupo homogêneo.

"É fácil supor que porque somos todos seres humanos, gênero, raça, ou outras características dos participantes do estudo não devem ter importância nas pesquisas de saúde, mas certamente elas têm", disse o presidente do comitê, Robert Graham. "Foi só quando os cientistas fizeram esforços deliberados para envolver as mulheres e as minorias raciais e étnicas em estudos que descobriram diferenças na forma como algumas doenças ocorrem e afetam populações específicas. A coleta rotineira de informações sobre raça e etnia ampliou nosso entendimento das condições que são mais prevalentes entre os vários grupos ou os afetam de forma diferente. Devemos lutar para a mesma atenção e compromisso com minorias sexuais e de gênero na pesquisa de saúde."

Como os indivíduos LGBT compõem uma minoria da população, os pesquisadores enfrentam desafios de recrutamento de um número suficiente destes indivíduos nos inquéritos para produzir dados significativos. O estigma enfrentado por homens e mulheres e minorias sexuais pode torná-los relutantes em revelar sua orientação, agravando o problema. Além disso, é difícil sintetizar os dados sobre estes grupos, quando os estudos e pesquisas usam uma variedade de maneiras de defini-los.

Os pesquisadores afirma que como dados demográficos fornecem a base para a compreensão do status e das necessidades das populações, pesquisas federais financiado devem recolher dados sobre a orientação sexual e identidade de gênero, assim como coletam rotineiramente informações sobre raça e etnia.

Eles sugerem ainda que informação sobre orientação sexual e identidade de gênero dos pacientes também devem ser coletadas em registros de saúde eletrônicos, desde que as preocupações de privacidade possam ser garantidas de forma satisfatória.

Além disso, os pesquisadores afirmam que o National Institute of Health (NIH) deve proporcionar oportunidades de treinamento para a realização de pesquisas com a população LGBT. A formação deve envolver pesquisadores que não estudam especificamente problemas de saúde LGBT, bem como aqueles que estudam.

Por último o relatório sugere que os cientistas devem usar a política de inclusão de mulheres e minorias raciais e étnicas na pesquisa clínica como um modelo para incentivar os candidatos a abordarem como seus estudos propõem incluir ou excluir as minorias sexuais.

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   População LGBT    Gays    Lésbicas    Bissexuais    Academia Nacional de Ciências   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
população LGBT    gays    lésbicas    bissexuais    Academia Nacional de Ciências   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.