Geral
publicado em 22/03/2011 às 18h00:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+

Os valores que devem ser repassados aos 15 municípios de Roraima para ações de vigilância e promoção à saúde serão discutidos e pactuados durante reunião da Comissão Intergestora Bipartite (CIB), que ocorre nesta quarta-feira (23). O estado monitora os municípios desde a inserção da ficha de notificação de agravo até o cumprimento da cobertura vacinal.

Baseado nesses critérios, os municípios de Bonfim, Caracaraí e Pacaraima, que não alcançaram 50% dos indicadores, terão os valores do repasse analisados de forma criteriosa, apresentados e discutidos pela CIB.

O montante destinado a Roraima é de aproximadamente R$ 5,5 milhões, oriundos do Ministério da Saúde (MS) e repassados fundo a fundo, em três parcelas anuais. Para definir os valores por município, são priorizados aspectos como demografia, extensão territorial, acesso e cumprimento dos indicadores previstos no Pacto pela Saúde (conjunto de reformas institucionais acertadas entre as três esferas de gestão: União, estados e municípios).

Conforme a coordenadora-geral da Vigilância em Saúde da Sesau, Roberta Calandrini, no caso dos indicadores do Pacto da Saúde referentes aos municípios que deixaram de cumprir as metas, falta organizar melhor o serviço. " O município de Caroebe, por exemplo, atingiu 72% dos indicativos preconizados" , citou.

Monitoramento

A partir da pactuação por município, caberá ao estado monitorar a utilização dos recursos, por meio do acompanhamento dos indicativos previstos no Pacto pela Saúde e ações da programação anual de Vigilância em Saúde, elaborada pela Vigilância em Saúde estadual e apresentada aos 15 municípios.

Para Roberta, é necessário que os municípios se organizem para alcançar os indicadores. " Todos [os municípios] terão que prestar contas e, ao apresentar os indicadores, já saberemos se cumpriram ou não com o que estava previsto" , disse. Segundo ela, esses indicadores são o mínimo necessário para garantir a qualidade da saúde da população, para não gerar problemas futuros e aumentar os agravos que não existem ou que estão erradicados em Roraima.

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   Vigilância    Roraima    CIB    Ministério da Saúde   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Vigilância    Roraima    CIB    Ministério da Saúde   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.