Ciência e Tecnologia
publicado em 18/03/2011 às 15h15:00
   Dê o seu voto:

Pesquisadores comprovam que pessoas cegas podem "ver" com os ouvidos

 
tamanho da letra
A-
A+

Pesquisadores da Universidade de Montreal, no Canadá, descobriram que a parte do cérebro que normalmente trabalha com os olhos para o processo da visão e da percepção do espaço pode se religar para processar o som.

Resultados do estudo acrescentam evidências a pesquisas anteriores que mostram que os cegos têm uma capacidade acrescida para processar sons como parte de sua percepção espacial.

O córtex visual, como o próprio nome sugere, é responsável pelo processamento da visão. Os hemisférios direito e esquerdo do cérebro têm um cada. Eles estão localizados na parte de trás do cérebro, que é chamado lóbulo occipital.

"Nosso estudo revela que algumas regiões do fluxo dorsal occipital direito não exigem experiência visual para desenvolver uma especialização para o processamento da informação espacial e estão funcionalmente integradas na rede do cérebro preexistente dedicada a esta capacidade", afirmou o autor do estudo, Olivier Collignon.

Os pesquisadores trabalharam com 11 indivíduos que nasceram cegos e 11 sem a deficiência. Eles analisaram suas atividades cerebrais através de ressonância magnética, enquanto eles eram submetidos a uma série de sons.

"Os resultados demonstram como a plasticidade do cérebro é incrível", disse Collignon. A plasticidade é um termo científico que se refere à capacidade do cérebro de mudar em resultado de uma experiência. O cérebro designa um conjunto específico de áreas para o processamento do espaço, mesmo que seja privada dos seus insumos naturais desde o nascimento. O cérebro visualmente privado é suficientemente flexível que ele usa "nichos de neurônios" para desenvolver e executar funções que são bastante próximas às exigidas pelos sentidos remanescentes. Essa pesquisa demonstra que o cérebro deve ser mais considerado como uma máquina orientada ao invés de uma máquina puramente sensorial."

Os resultados levantam questões sobre como esta religação ocorre durante o desenvolvimento de recém-nascidos cegos.

"Nos primeiros anos de vida o cérebro está esculpindo-se na base da experiência, com algumas conexões sinápticas eliminadas e outras fortalecidas", observou Collignon. Conexões sinápticas permitem que os nossos neurônios, ou células do cérebro, se comuniquem.

"Depois de um pico de desenvolvimento que termina perto dos 8 meses de idade, aproximadamente 40% das sinapses do córtex visual são retiradas gradualmente para alcançar uma densidade sináptica estável próximo à idade de 11 anos. É possível que a religação ocorra como parte da manutenção da nossa sempre mutante conexão neural, mas essa teoria exigirá mais pesquisas", afirmou Collignon.

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   Pesoas cegas    Processamento da visão    Som    Universidade de Montreal   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia: Pesquisadores comprovam que pessoas cegas podem "ver" com os ouvidos
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria: Pesquisadores comprovam que pessoas cegas podem "ver" com os ouvidos


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
pesoas cegas    processamento da visão    som    Universidade de Montreal   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.