Ciência e Tecnologia
publicado em 17/02/2011 às 11h00:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: Erik Cronberg
Rune Toftgård, Professor do Instituto Karolinska e principal autor do estudo
  « Anterior
Próxima »  
Rune Toftgård, Professor do Instituto Karolinska e principal autor do estudo

Processos envolvidos na cicatrização de feridas podem levar a um risco aumentado de carcinoma basocelular da pele. Esta é a conclusão de estudo realizado pelo Instituto Karolinska, da Universidade Médica sueca.

A ligação entre o desenvolvimento das células cancerígenas basais e a cicatrização de feridas foi estudada em camundongos com as mesmas mudanças genéticas que ocorrem em tumores humanos. Os resultados mostram que o processo de cicatrização ativo da ferida pode aumentar o número e o tamanho dos tumores.

De acordo com os cientistas, o crescimento do tumor é provavelmente devido a um aumento geral na proliferação de células, que ocorre em associação à cicatrização de feridas. O aumento no número é maior devido ao recrutamento de células com potencial para iniciar a formação do tumor.

O carcinoma basocelular (CBC) na pele é o câncer mais comum, e relatos de casos anteriores têm descrito um aumento do risco de CBC associado com feridas crônicas e agudas. O estudo de Karolinska descreve, pela primeira vez, o mecanismo subjacente a nível celular.

"Acreditamos que a exposição à radiação ultravioleta do sol, juntamente com um processo ativo de regeneração de tecidos seja uma combinação perigosa, aumentando o risco de desenvolvimento do carcinoma basocelular", diz Rune Toftgård, professor do Instituto e principal autor do estudo.

Ele ressalta que não há evidência epidemiológica que apóia fortemente a hipótese de que uma queimadura solar grave - o suficiente para causar danos aos tecidos - seja um importante fator de risco para o desenvolvimento do CBC.

O estudo

Uma linhagem de rastreamento foi usada para determinar onde e quando as células iniciam a formação de tumores. A linhagem é uma técnica de rastreamento para rotular uma célula permanentemente fazendo o possível para segui-la, bem como todas as células filhas. Desta forma, verificou-se que as células-tronco do folículo capilar contribuem ativamente para a cura da ferida e que elas e/ou suas células filhas migram para fora do folículo piloso para a promoção da cicatrização.

Como resultado do processo de cicatrização da ferida, as células-tronco do folículo piloso e suas células filhas na parte não-foliculares da pele (epiderme interfolicular) adquirem a capacidade de iniciar a formação de tumores também na sua nova localização. Além disso, o estudo mostra que nem todos os tipos de ferimentos são suficientes para aumentar a formação de tumor. Danos às partes mais profundas da pele são necessários para obter o efeito cancerígeno.

"Pode-se supor que a combinação de danos aos tecidos de queimaduras graves e o dano ao DNA ou mutações causadas pela radiação UV tenham um efeito semelhante", disse Toftgård.

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   Cicatrização    Ferida    Carcinoma basocelular    Cãncer de pele   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Cicatrização    ferida    carcinoma basocelular    cãncer de pele   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.