Geral
publicado em 14/02/2011 às 15h30:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: World Health Organization
Dr. Ala Alwan, Adjunto Diretor Geral da WHO de Doenças Não Transmissíveis e Saúde Mental
  « Anterior
Próxima »  
Dr. Ala Alwan, Adjunto Diretor Geral da WHO de Doenças Não Transmissíveis e Saúde Mental

Relatório da Organização Mundial de Saúde (OMS) aponta necessidade de implementação de ampla política com intuito de reduzir impacto à saúde causado pelo consumo nocivo de álcool.

O consumo nocivo de álcool resulta na morte de 2,5 milhões de pessoas anualmente, provoca doenças e lesões em muitos outros e afeta cada vez mais as gerações mais jovens nos países em desenvolvimento. O consumo nocivo é definido como o uso excessivo a ponto de causar danos à saúde e, muitas vezes, inclui consequências sociais adversas.

Relatório Global de álcool

"Muitos países reconhecem os graves problemas de saúde pública causados pelo uso nocivo de álcool e tomaram medidas para evitar os encargos sociais e de saúde e tratar aqueles que precisam de cuidados. Mas muito mais precisa ser feito para reduzir a perda de vidas e o sofrimento associados com o alcoolismo", disse o doutor Ala Alwan, Diretor-Geral Adjunto para Doenças não Transmissíveis e Saúde Mental da OMS.

Implicações para a saúde

Quase 4% dos óbitos estão relacionados ao consumo abusivo de álcool. A maioria das mortes relacionadas ao álcool são causadas por ferimentos, câncer, doenças cardiovasculares e cirrose hepática.

Em termos globais, 6,2% do total de óbitos masculinos são relacionados ao álcool, comparado com 1,1% dos óbitos femininos. Um em cada cinco homens na Federação da Rússia e dos países vizinhos morrem devido a causas relacionadas com o álcool.

Globalmente, 320 mil jovens de 15 a 29 anos morrem anualmente por causas relacionadas ao álcool, resultando em 9% dos óbitos nessa faixa etária.

Muito poucos países utilizam opções de política eficazes para prevenir doenças, mortes e ferimentos causados pelo uso de álcool. Desde 1999, quando a OMS começou a apresentar um relatório sobre as políticas do álcool, pelo menos, 34 países adotaram algum tipo de política formal para reduzir o uso nocivo do álcool.

Restrições relativas à comercialização do álcool e à direção alcoolizada têm aumentado, mas não há tendências claras na maioria das medidas preventivas. Muitos países têm políticas de álcool fracas e poucos programas de prevenção.

Estratégias eficazes

A Estratégia Global para reduzir o uso nocivo do álcool, aprovado pela OMS em 2010, promove uma série de medidas de comprovada eficácia para reduzir efeitos nocivos do álcool.

Entre elas estão a tributação sobre o álcool para reduzir o consumo nocivo, redução da disponibilidade para venda do álcool, aumento dos limites de idade para compra e uso de medidas eficazes contra quem dirigir embriagado.

A Estratégia Global promove ainda o rastreamento e intervenções breves nos serviços de saúde para alterar os padrões de consumo perigosos, além do tratamento de transtornos por uso de álcool; regulação ou a proibição de comercialização de bebidas alcoólicas e condução de campanhas informativas e educacionais de apoio a medidas políticas eficazes.

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   Alcoolismo    Política    Prevenção    Controle    Doenças    Lesões   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Alcoolismo    política    prevenção    controle    doenças    lesões   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.