Ciência e Tecnologia
publicado em 11/02/2011 às 02h00:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+

Inteligência e traços de personalidade podem prever o risco de doenças e de morte. A afirmação é de pesquisadores da Universidade de Edimburgo, no Reino Unido.

Embora não haja evidências até agora de ligações da inteligência com o câncer, a baixa inteligência tem demonstrado estar relacionada ao aumento do risco de hospitalização e morte por doença cardiovascular.

O estudo, liderado pelos pesquisadores Ian J. Deary e Alexander Weiss, também cita evidências de que a personalidade pode estar associada a doenças coronárias. Por exemplo, doentes cardíacos, com um tipo angustiado de personalidade, caracterizado por emoções negativas e inibição social, estão em maior risco para resultados mais graves, incluindo a morte.

O excesso de consciência foi identificado em vários estudos como o traço de personalidade chave para prever a longevidade: quanto mais consciente é um indivíduo, mais ele tende a viver.

Uma revisão de mais de 190 estudos mostrou que a consciência elevada foi relacionada consistentemente a comportamentos promotores da saúde (por exemplo, exercícios, alimentação saudável) e menos agressivos (por exemplo, abuso de álcool, dirigir em alta velocidade)."

Estes resultados têm implicações importantes para as cosultas médicas, pois levar a personalidade de pacientes em conta pode auxiliar médicos a determinarem tratamentos mais eficientes.

Por exemplo, um paciente consciente pode ser mais propenso a aderir a um regime de tratamento complexo do que um doente com menos consciência. Ou um paciente com baixa inteligência, que também tem um tipo de personalidade angustiada, pode ter sua saúde cardiovascular monitorada mais frequentemente do que um paciente com maior inteligência e personalidade mais agradável.

Embora os estudos indiquem que possam haver ligações importantes entre a inteligência, a personalidade e os resultados de saúde, os autores sugerem que estudos futuros devem se concentrar em identificar e afastar potenciais mediadores e moderadores, já que elas podem ser fatores de risco modificáveis.

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   Inteligência    Personalidade    Risco de doença    Universidade de Edimburgo   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Inteligência    personalidade    risco de doença    Universidade de Edimburgo   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.