Geral
publicado em 04/02/2011 às 13h00:00
   Dê o seu voto:

Meninos passam gripe para meninos e meninas para outras meninas

 
tamanho da letra
A-
A+

Meninos passam gripe para outros meninos e as meninas, para outras meninas. Esta é a conclusão de uma pesquisa de campo sobre a propagação da gripe suína (H1N1) realizada em uma escola primária durante a pandemia de 2009.

Os resultados também sugerem que a transmissão da gripe é mais intensa entre as crianças da mesma classe. Entretanto, sentar-se ao lado de uma pessoa infectada não aumenta o risco de contrair a doença. Os dados ajudarão os pesquisadores a modelar como as epidemias se alastram e de que maneira intervenções como o fechamento de escolas podem ajudar a conter um surto.

No estudo, os pesquisadores do Imperial College de Londres (Reino Unido), dos Centros Americanos para Controle e Prevenção de Doenças (CDC) e do Departamento de Saúde da Pensilvânia (EUA) analisaram como as redes sociais influenciaram a propagação da pandemia de gripe H1N1 em uma escola primária na Pensilvânia.

Os resultados mostram que as crianças têm três vezes mais probabilidade de transmitir a gripe para outras crianças do mesmo sexo do que para aquelas do sexo oposto.

Os pesquisadores também descobriram que a taxa de transmissão é cerca de cinco vezes maior entre os colegas do que entre as crianças em uma classe diferente no mesmo grau, e cerca de 25 vezes maior quando comparadas às crianças em diferentes graus.

Metodologia

O estudo envolveu 370 alunos (81% das crianças da escola) de 295 famílias. Os pesquisadores coletaram dados de diversos mapas de assentos, calendários escolares, horários de ônibus, registros de frequência e questionários. Embora seja impossível determinar exatamente quem pegou a gripe de quem, os investigadores usaram métodos estatísticos refinados para reconstruir o padrão de propagação e calcular as taxas de transmissão em diferentes contextos.

O principal autor do estudo, Simon Cauchemez, explica que os modelos matemáticos são úteis para prever como vai se espalhar um surto, mas para tornar os modelos exatos é preciso abastecê-los com dados sobre como a doença se espalha no mundo real. De acordo com o pesquisador do Imperial College, " este é um dos estudos mais completos até agora sobre a forma como uma epidemia de gripe se espalha entre as crianças na escola e ela nos diz muito sobre como as redes sociais influenciam a transmissão. Os dados deste estudo nos ajudará a criar modelos mais precisos, o que pode ajudar as autoridades de saúde pública a lidar com epidemias de forma eficaz. Por exemplo, esses novos modelos poderiam nos ajudar a entender melhor como e quando seria apropriado fechar uma escola".

A escola envolvida neste projeto ficou fechada 18 dias após o início do surto, quando 27% dos alunos já tinham apresentado sintomas.

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   Gripe    H1N1    Meninos    Meninas    Infecção   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia: Meninos passam gripe para meninos e meninas para outras meninas
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria: Meninos passam gripe para meninos e meninas para outras meninas


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Gripe    H1N1    meninos    meninas    infecção   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.