Profissão Saúde
publicado em 02/02/2011 às 16h52:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+

A partir de 2011, todos os médicos ingressantes na residência médica da Faculdade de Ciências Médicas (FCM) da Unicamp, em qualquer uma das 57 áreas de atuação oferecidas desde o nível de acesso direto até as especialidades clínicas e cirúrgicas, deverão entregar um trabalho de conclusão de curso (TCC) para receber o diploma da residência médica. O anúncio foi feito na última segunda-feira (31), pelo coordenador da Comissão de Residência Médica (Coreme) da FCM, Luiz Roberto Lopes, para os quase 190 novos médicos-residentes recepcionados no Salão Nobre da faculdade. Com isto, a FCM passa a ser a primeira faculdade do país a atribuir o título de pós-graduação lato sensu a médicos-residentes. Esta é mais uma novidade que diferencia a residência médica da Unicamp das demais do país.

" A residência médica é considerada um curso de pós-graduação lato sensu. A partir deste ano, todos os residentes devem entregar uma monografia, um relato de caso, um trabalho publicado em revista ou uma metanálise ao final de cada programa. Caso contrário, não receberão o certificado de conclusão de residência médica" , disse o médico Luiz Roberto Lopes.

Desde 2006, os aprovados no exame de residência médica da FCM passaram a ser matriculados na Diretoria Acadêmica (DAC) da Unicamp, que exige a entrega de um trabalho de conclusão de curso para a validação do diploma. Após várias concessões para adequar as duas mil e oitocentas horas de estágios que cada médico-residente cumpre nos dois primeiros anos de trabalhos no Hospital das Clínicas (HC); Hospital Estadual de Sumaré (HES) ou no Hospital da Mulher Prof. Dr. José Aristodemo Pinotti (Caism), a obrigatoriedade de TCC entre em vigor este ano.

" Mesmo não tendo as mesmas características do mestrado, isto vai permitir que o residente tenha um diploma que equivale a dois títulos, podendo até mesmo, em alguns lugares, entrar direto para o doutorado" , explicou Lopes.

Isto encurta um pouco o lado acadêmico da vida atribulada de um médico-residente. A carga horária semanal de trabalho dos 484 médicos residentes da FCM da Unicamp é de 60 horas dividida entre 80% a 90% de atendimento ambulatorial e 20% a 10% de aulas teóricas com docentes e preceptores dos programas e especialidades oferecidas na residência médica pela faculdade.

" Apesar de serem alunos, vocês serão cobrados com médicos. A responsabilidade agora é outra. Não se exponham a nenhuma situação constrangedora ou de risco em relação ao atendimento do paciente. Na dúvida, peçam auxílio aos seus preceptores, médicos assistentes e professores. Queremos que vocês façam uma excelente residência médica" , completou Lopes.

Para o diretor da FCM, Mario José Abdalla Saad, a faculdade oferece para os residentes um corpo clínico competente e ético e uma área de saúde onde há pacientes com doenças de simples, média e grave complexidade, além de um programa didático associado a este campo de treinamento. Segundo Saad, os novos médicos-residentes terão uma oportunidade ímpar na vida que nenhuma outra profissão tem: depois de formados, terão um treinamento em serviço que irá moldá-los para o resto da vida.

"É aqui que eles vão aprender a trabalhar e a praticar a ética. É aqui que eles vão ser boas pessoas. Quem é boa pessoa, certamente será bom médico. Que eles tratem bem dos pacientes" , disse Saad.

O número total de médicos-residentes inscritos para o processo seletivo este ano foi de 1.715. A média geral de candidatos vagas ficou em 7,87. Na especialidade de acesso direto, as áreas de neurocirurgia, oftalmologia e pediatria foram as mais concorridas.

Participaram na mesa de abertura de acolhimento dos médicos-residentes de 2011 o superintendente do HC, Manoel Barros Bértolo, o diretor executivo do Caism, Oswaldo da Rocha Grassiotto; o diretor superintendente do HES, Lair Zambon, o diretor clínico do HC, Paulo Roberto de Madureira e o presidente da Comissão de Ética Médica do HC, João Baptista Laurito Júnior.ovos médicos-residentes deverão apresentar trabalho de conclusão de curso

A partir de 2011, todos os médicos ingressantes na residência médica da Faculdade de Ciências Médicas (FCM) da Unicamp, em qualquer uma das 57 áreas de atuação oferecidas desde o nível de acesso direto até as especialidades clínicas e cirúrgicas, deverão entregar um trabalho de conclusão de curso (TCC) para receber o diploma da residência médica. O anúncio foi feito hoje (31) pela manhã pelo coordenador da Comissão de Residência Médica (Coreme) da FCM, Luiz Roberto Lopes, para os quase 190 novos médicos-residentes recepcionados no Salão Nobre da faculdade. Com isto, a FCM passa a ser a primeira faculdade do país a atribuir o título de pós-graduação lato sensu a médicos-residentes. Esta é mais uma novidade que diferencia a residência médica da Unicamp das demais do país.

" A residência médica é considerada um curso de pós-graduação lato sensu. A partir deste ano, todos os residentes devem entregar uma monografia, um relato de caso, um trabalho publicado em revista ou uma metanálise ao final de cada programa. Caso contrário, não receberão o certificado de conclusão de residência médica" , disse o médico Luiz Roberto Lopes.

Desde 2006, os aprovados no exame de residência médica da FCM passaram a ser matriculados na Diretoria Acadêmica (DAC) da Unicamp, que exige a entrega de um trabalho de conclusão de curso para a validação do diploma. Após várias concessões para adequar as duas mil e oitocentas horas de estágios que cada médico-residente cumpre nos dois primeiros anos de trabalhos no Hospital das Clínicas (HC); Hospital Estadual de Sumaré (HES) ou no Hospital da Mulher Prof. Dr. José Aristodemo Pinotti (Caism), a obrigatoriedade de TCC entre em vigor este ano.

" Mesmo não tendo as mesmas características do mestrado, isto vai permitir que o residente tenha um diploma que equivale a dois títulos, podendo até mesmo, em alguns lugares, entrar direto para o doutorado" , explicou Lopes.

Isto encurta um pouco o lado acadêmico da vida atribulada de um médico-residente. A carga horária semanal de trabalho dos 484 médicos residentes da FCM da Unicamp é de 60 horas dividida entre 80% a 90% de atendimento ambulatorial e 20% a 10% de aulas teóricas com docentes e preceptores dos programas e especialidades oferecidas na residência médica pela faculdade.

" Apesar de serem alunos, vocês serão cobrados com médicos. A responsabilidade agora é outra. Não se exponham a nenhuma situação constrangedora ou de risco em relação ao atendimento do paciente. Na dúvida, peçam auxílio aos seus preceptores, médicos assistentes e professores. Queremos que vocês façam uma excelente residência médica" , completou Lopes.

Para o diretor da FCM, Mario José Abdalla Saad, a faculdade oferece para os residentes um corpo clínico competente e ético e uma área de saúde onde há pacientes com doenças de simples, média e grave complexidade, além de um programa didático associado a este campo de treinamento. Segundo Saad, os novos médicos-residentes terão uma oportunidade ímpar na vida que nenhuma outra profissão tem: depois de formados, terão um treinamento em serviço que irá moldá-los para o resto da vida.

"É aqui que eles vão aprender a trabalhar e a praticar a ética. É aqui que eles vão ser boas pessoas. Quem é boa pessoa, certamente será bom médico. Que eles tratem bem dos pacientes" , disse Saad.

O número total de médicos-residentes inscritos para o processo seletivo este ano foi de 1.715. A média geral de candidatos vagas ficou em 7,87. Na especialidade de acesso direto, as áreas de neurocirurgia, oftalmologia e pediatria foram as mais concorridas.

Participaram na mesa de abertura de acolhimento dos médicos-residentes de 2011 o superintendente do HC, Manoel Barros Bértolo, o diretor executivo do Caism, Oswaldo da Rocha Grassiotto; o diretor superintendente do HES, Lair Zambon, o diretor clínico do HC, Paulo Roberto de Madureira e o presidente da Comissão de Ética Médica do HC, João Baptista Laurito Júnior.

Fonte: UNICAMP
   Palavras-chave:   Residente    Coblusão de Curso    Trabalho    TCC    Unicamp    Diploma   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Residente    Coblusão de Curso    Trabalho    TCC    Unicamp    Diploma   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.