Ciência e Tecnologia
publicado em 27/12/2010 às 02h00:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+

Pesquisadores Virginia Polytechnic Institute and State University, nos Estados Unidos, descobriram como o ácido abscísico, um hormônio natural da planta com conhecidas propriedades benéficas para o tratamento de doenças, ajuda a combater a inflamação. Os resultados revelam novos alvos terapêuticos para o desenvolvimento de tratamentos para doenças inflamatórias e auto-imunes.

A equipe de pesquisa revelou o mecanismo pelo qual o ácido abscísico interage com uma proteína, conhecida como Receptor Ativado por Proliferadores de Peroxissoma Gama, para bloquear a inflamação e o aparecimento posterior de doenças.

"Nos trabalhos anteriores, nosso grupo de pesquisa demonstrou que o ácido abscísico tem efeitos benéficos em várias condições e doenças, incluindo inflamações relacionadas à obesidade, diabetes, aterosclerose e doença inflamatória intestinal", disse o principal pesquisador, Josep Bassaganya-Riera. "Uma ideia de como o ácido abscísico reduz a inflamação nestes casos é que ele se liga a uma região especial de Receptor Ativado por Proliferadores de Peroxissoma Gama, um sítio de ligação conhecido como o domínio ligante obrigatório, onde a droga exerce o seu efeito. Nossos resultados mostram que este não é o caso e, pela primeira vez, nós demonstramos que o ácido abscísico funciona independentemente deste domínio ligante obrigatório do receptor."

Os pesquisadores acreditam que essa nova informação é importante porque sugere a existência de novos alvos terapêuticos ou de modos alternativos de ação para os efeitos do ácido abscísico no sistema imunológico.

Resultados também mostraram que o mecanismo alternativo recém-descoberto, não parece estar ligado a qualquer efeito colateral adverso conhecido, o que representa um novo caminho terapêutico promissor.

"Os resultados desta pesquisa ilustram a sinergia que pode resultar da combinação de abordagens experimentais e computacionais para a caracterização de alvos terapêuticos", disse o professor adjunto de bioquímica na Universidade Virginia Tech, David Bevan. "Através de abordagens de modelagem molecular, pudemos identificar um local potencial de ligação do ácido abscísico com a Lanthionine sintetase C-2, uma proteína necessária para os efeitos benéficos do ácido abscísico. Também conseguimos revelar razões para a falta de associação direta do ácido abscísico com Receptor Ativado por Proliferadores de Peroxissoma Gama."

A Lanthionine sintetase C-2 representa o primeiro passo de um caminho que leva à ativação do Receptor Ativado por Proliferadores de Peroxissoma Gama no sistema imunológico pelo ácido abscísico.

"Temos também mostraram que o ácido abscísico afeta a expressão de vários genes envolvidos no metabolismo de inflamação e de sinalização celular, que fornece novas pistas para pontos possíveis de intervenção no tratamento de doenças inflamatórias e auto-imunes", afirmou uma das autoras do estudo, Raquel Hontecillas.

Os investigadores esperam identificar mais de perto alguns dos novos alvos de drogas na rede molecular da resposta imune, e continuam a dissecar a maneira através da qual o ácido abscísico reduz os danos devido à inflamação.

Além disso, o entendimento sobre como o ácido abscísico trabalha será utilizado para o desenvolvimento de uma abordagem potencialmente mais segura.

Fonte: Isaude.net
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Ácido abscísico    inflamação    doenças auto-imunes    Josep Bassaganya-Riera    Virginia Polytechnic Institute and State University   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.