Geral
publicado em 24/06/2009 às 21h00:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: Patrícia Monari / PUC-Campinas
Foto: Patrícia Monari / PUC-Campinas
Paciente da enfermaria pediátrica recebe a visita da cadela Mel, que integra o projeto Medicão no Hospital da PUC-Campinas (SP) Cadela Mel, que integra o projeto Medicão, visita paciente da enfermaria pediátrica do Hospital da PUC-Campinas
  « Anterior
Próxima »  
Paciente da enfermaria pediátrica recebe a visita da cadela Mel, que integra o projeto Medicão no Hospital da PUC-Campinas (SP)
Cadela Mel, que integra o projeto Medicão, visita paciente da enfermaria pediátrica do Hospital da PUC-Campinas

O Hospital e Maternidade Celso Pierro, da PUC-Campinas (SP), em parceria com a Art & Nic - centro de treinamento e formação de cães terapeutas - iniciou hoje o projeto Medicão na enfermaria pediátrica.

A visita da mãe Mel, das filhas Brenda e Hanna e do primo Oliver, da raça golden retriever, acontecerá a cada 15 dias, sempre às quartas-feiras, das 15h às 16h30min. A atividade faz parte do projeto de humanização do hospital.

"O objetivo do encontro do animal com a criança ou adulto internado é de promover o bem-estar, melhorar a capacidade motora e auto-estima, diminuir a ansiedade e a quantidade de medicamentos e minimizar as tensões da equipe de trabalho", explica a infectologista da Comissão de Controle de Infecção Hospitalar, Maria Fernanda Scudeler.

Segundo ela, para garantir o sucesso do projeto Medicão, os animais são cadastrados e passam por acompanhamento mensal de vacinação e tratamento contra vermes. "Há procedimentos realizados antes da visita, no mesmo dia e também após a passagem dos cães. Tudo isso para garantir a saúde das crianças, acompanhantes e profissionais", explica.

Interação com animais

Na Santa Casa de São Paulo, um projeto semelhante existe há cerca de quatro anos. Chamado de Pet Smille, o projeto leva animais de estimação de pequeno porte para visitar os pacientes da enfermaria pediátrica. A iniciativa integra o programa de humanização hospitalar da instituição. Segundo informações da assessoria de comunicação da Santa Casa, o Pet Smille é baseado em normas e modelos norte-americanos que existem a mais de 30 anos.

No Brasil, o método foi implantado pela primeira vez a sete anos, na cidade de Taboão da Serra, com o objetivo de mostrar à população o lado terapêutico do animal de estimação.

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   Cães terapeutas    Medicão    PUC-Campinas    Projeto de Humanização    Enfermaria Pediátrica   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
cães terapeutas    Medicão    PUC-Campinas    Projeto de Humanização    Enfermaria Pediátrica   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.