Ciência e Tecnologia
publicado em 07/10/2010 às 22h05:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+

Pesquisadores da Universidade de Tel Aviv, em Israel, estão liderando pesquisas sobre uma novo método de raio-x genômico que permite o avanço da chamada medicina personalizada e que pode desvendar como as características pessoais genéticas dos indivíduos e das populações podem explicar por que um medicamento específico trata com sucesso um paciente e não tem efeito em outro.

Com um sequenciador de profundidade, uma máquina que lê o genoma humano e sua expressão, o pesquisador Noam Shomron está olhando para a forma como a expressão gênica de pequenos genes reguladores, chamados microRNAs, afeta a maneira como o paciente reage à medicação. Isto poderia significar menos mortes por efeitos adversos e usos inovadores e seguros para os medicamentos existentes.

Shomron espera criar um mapa de vias reguladoras de gene - como os genes de uma pessoa reagem a uma droga - e como isso afeta a capacidade da pessoa de metabolizar diferentes drogas.

"Cada pessoa tem uma constituição genética levemente distinta, levando a pequenas diferenças na forma como os genes são expressos e regulados. Os jogadores principais na regulação do gene são os microRNAs, trechos genéticos que controlam muitos dos nossos genes os ligando ou os degradando, incluindo aqueles envolvidas no metabolismo de drogas", explica Shomron. "Estudar os genes particulares e seus reguladores é um passo importante na determinação da eficácia de um medicamento para pacientes individuais."

Esta "impressão digital" genética tem acelerado o interesse em adaptar o tratamento às necessidades particulares de cada pessoa. Em suas experiências recentes, Shomron e sua equipe de pesquisadores analisaram como um medicamento comum para tratar doenças cardíacas pode ser fortemente afetado por essas moléculas microRNA. Com essa informação, os pesquisadores podem ser capazes de prever como o paciente reagirá a suas prescrições.

Depois de mapearem as conexões entre a expressão genética e medicamentos diferentes, Shomron e sua equipe de pesquisadores irão criar um banco de dados abrangente para ajudar os médicos a tomarem decisões importantes a respeito do cuidado do paciente. Esta base de dados estará disponível para médicos em todo o mundo. No futuro, quando os médicos decidirem administrar uma droga, eles poderão fazer a varredura do genoma do paciente e decidir qual o melhor medicamento deve ser prescrito, bem como sua dosagem ideal.

A descoberta também irá ajudar os médicos a entender como diferentes drogas se combinam quando um paciente está tomando um ou mais medicamentos, o que pode evitar uma sobrecarga tóxica dos produtos químicos.

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   Raio-x genômico    Medicina personalizada    Noam Shomron    Universidade de Tel Aviv   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
raio-x genômico    medicina personalizada    Noam Shomron    Universidade de Tel Aviv   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.