Saúde Pública
publicado em 02/10/2010 às 15h00:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: Tom Sullam/Stop Smocking
Quantidade de fumantes na Califórnia reduziu drasticamente nos últimos anos
  « Anterior
Próxima »  
Quantidade de fumantes na Califórnia reduziu drasticamente nos últimos anos

Um estudo da Universidade da Califórnia em San Diego (UCSD), mostra que o programa de controle do tabaco ao longo desses 20 anos resultou em taxas de câncer de pulmão que são quase 25% menores que em outros estados americanos.

"A consistência nas tendências de vendas de cigarros e de inquéritos à população foi tranquilizadora", disse John P. Pierce, professor do Departamento de Medicina Familiar e Preventiva da UCSD. "O que é realmente importante é que o fosso cada vez maior no hábito de fumar entre a Califórnia e o resto da nação é replicado nos dados de câncer de pulmão. Não há outro comportamento que afeta uma doença como essa".

A Califórnia estabeleceu o primeiro Programa de Controle do Tabaco, em 1989. A taxa de californianos que reduziram o fumo duplicou. Atualmente, menos de 10% da população fuma, segundo um estudo publicado na revista Cancer Epidemiology, Biomarkers and Prevention.

Entretanto, a pesquisa também sugere que, como - pela primeira vez em mais de 20 anos - a Califórnia não tem acompanhado o resto da nação no aumento dos preços dos cigarros e está perdendo controle do tabagismo, causando uma perda futura na sua liderança na redução do consumo de cigarros e câncer de pulmão.

"Acreditamos que o sucesso do programa de controle do tabaco nos últimos 16 anos tenha se traduzido na redução da mortalidade por câncer de pulmão", explicou Pierce. "Mas a longo prazo, a menos que na Califórnia aumente seus esforços atuais de controle do tabaco, perderá essa vantagem".

A equipe analisou inquéritos nacionais realizados desde 1965, bem como dados de vendas de cigarros tributados para calcular a evolução no comportamento de fumar a cada ano desde 1960, e depois compararam essas tendências com os dados de mortalidade por câncer de pulmão relatada pelo Centers for Disease Control.

"Como tínhamos dados de 1960 fomos capazes de mostrar que o comportamento de fumar na Califórnia não foi diferente do resto da nação antes do advento da ação de saúde pública contra o tabagismo", disse a co-autora Karen Messer, professora de medicina da família e preventiva. "Foi a liderança estadual da Califórnia no controle do tabaco que foi associada com as taxas mais baixas de fumo em comparação com o resto da nação".

Para George Lemp, diretor do Disease Research Program, "este estudo demonstra que o câncer de pulmão pode ser reduzido significativamente pelo aumento dos impostos especiais sobre o consumo e a execução de um programa estadual de controle do tabaco".

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   Tabagismo    Câncer de pulmão    Redução das taxas    Programa de controle   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Tabagismo    câncer de pulmão    redução das taxas    programa de controle   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.