Ciência e Tecnologia
publicado em 20/09/2010 às 13h00:00
   Dê o seu voto:

Identificada rede de genes por trás do endurecimento das artérias

As concentrações de colesterol que circulam no sangue são um importante preditor de doença arterial coronariana

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: Divulgação/WEHI
Mike Inouye identificou uma rede de genes por trás de endurecimento das artérias e doenças coronárias
  « Anterior
Próxima »  
Mike Inouye identificou uma rede de genes por trás de endurecimento das artérias e doenças coronárias

Uma equipe de cientistas da Austrália, Europa e Reino Unido identificou uma rede de genes por trás do endurecimento das artérias e das doenças coronarianas. Os resultados apresentam potenciais alvos para o tratamento de doenças cardíacas.

As concentrações de colesterol que circulam no sangue são um importante preditor de doença arterial coronariana, a forma mais comum de doença cardíaca. A principal patologia da doença de artéria coronária é o chamado "endurecimento das artérias", ou aterosclerose, um ciclo onde o colesterol se acumula nas paredes das artérias, e a consequente resposta imune do corpo conduz a uma maior acumulação.

Para investigar como o colesterol no sangue circulante ativa células do sistema imunológico, os pesquisadores analisaram amostras de mais de 500 voluntários para a construção de redes biológicas dos genes que se movem em harmonia.

Os voluntários participaram de um estudo na Finlândia, denomindado Dietary, onde eram analisados estilo de vida e determinantes genéticos da obesidade e síndrome metabólica (DILGOM).

Michael Inouye, cientista do Walter e Eliza Hall Institute, disse que o estudo identificou uma rede de genes cuja atividade estava ligada ao nível de colesterol no sangue. "Para todos os efeitos, esses genes parecem uma rede inflamatória e aparecem reativos a lipoproteína de alta densidade, triglicerídeos e apolipoproteína B, que são preditores de doença cardiovascular".

Ele acrescenta que a equipe está começando a entender as redes biológicas e como elas se relacionam com a doença. "Essa descoberta é importante, embora saibamos que alterações no DNA prevejam a doença, podemos fazer melhor. Conhecendo o impacto das doenças nas redes biológicas, podemos identificar os vários níveis de intervenção em potencial".

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   Genes    Endurecimento de artérias    Doenças coronarianas    Aterosclerose    Redes biológicas    DNA    Colesterol   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia: Identificada rede de genes por trás do endurecimento das artérias
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria: Identificada rede de genes por trás do endurecimento das artérias


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Genes    endurecimento de artérias    doenças coronarianas    aterosclerose    redes biológicas    DNA    colesterol   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.