Profissão Saúde
publicado em 09/09/2010 às 22h00:00
   Dê o seu voto:

Representantes das duas entidades se reuniram nesta quarta-feira (08). Este foi o primeiro encontro formal entre as diretorias

 
tamanho da letra
A-
A+

Duas das maiores entidades de classe do país querem trabalhar em parceria. Nesta quarta-feira (8), em Brasília, o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Ophir Cavalcante, recebeu o presidente do Conselho Federal de Medicina (CFM), Roberto Luiz d'Avila, e o 1º vice-presidente da entidade, Carlos Vital Lima. Este foi o primeiro encontro formal entre as novas diretorias, o que reflete a iniciativa de aproximação e interlocução entre assuntos em comum de médicos e advogados.

Um dos assuntos em pauta, foi a participação dos advogados nas consultas de perícia médica. As duas entidades decidiram formar uma comissão conjunta para disciplinar a questão.

O grupo estudará formas de compatibilizar as prerrogativas legais do advogado, na qualidade de procurador do cliente, e a ética médica, que impõe a preservação da intimidade e privacidade do paciente. " O CFM é firme quanto à intimidade. Construiremos uma norma que possibilite o bom trabalho dos dois profissionais sem o prejuízo para o paciente" , defendeu Roberto d' Avila.

Os dirigentes da OAB e CFM ainda trocaram experiências entre as duas entidades no que se refere à qualificação profissional, à atualização e aperfeiçoamento dos conhecimentos.

O CFM convidou a Ordem dos Advogados para participar do Fórum Médico-Juríco sobre Anencefalia, no próximo dia 24, e o Fórum de Direito Médico, nos dias 2 e 3 de dezembro.

Avaliação

A realização de avaliações periódicas de aproveitamento dos cursos de Medicina também foi exposta na reunião. A proposta defendida pelo CFM é de uma avaliação progressiva e não somente ao final do curso. " Não podemos deixar médicos mal preparados na sociedade" , defendeu o vice-presidente do CFM, Carlos Vital Lima.

O presidente dos advogados relatou a experiência da entidade quanto ao exame da Ordem. " O nosso exame tem servido como balizador do ensino jurídico" , apontou. Segundo Ophair Cavalcante, o Brasil possui hoje 1.138 cursos de direito e somente o último exame recebeu 120 mil inscritos. " O que tem acontecido no Direito é que muitas escolas têm facilitado o egresso. Partimos do pressuposto de que o próprio mercado vai selecionar os melhores alunos" , disse.

Fonte: CFM
   Palavras-chave:   Aproximação    Interlocução    OAB    CFM    Parceria   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Aproximação    Interlocução    OAB    CFM    Parceria   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.