Ciência e Tecnologia
publicado em 08/09/2010 às 16h50:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: Margaret Hartshorn/Univ. do Arizona
Foto: Margaret Hartshorn/Univ. do Arizona
Leslie Boyer, médica principal do estudo A pesquisadora segura frascos do medicamento produzido
  « Anterior
Próxima »  
Leslie Boyer, médica principal do estudo
A pesquisadora segura frascos do medicamento produzido

O Instituto Biocolon, no México, desenvolveu um antiveneno experimental contra picada de escorpião. O antiveneno administrado em hospitais estaduais mostrou resultados animadores e aguarda a aprovação do governo.

O Anascorp vem sendo testado por pesquisadores da Universidade do Arizona (UA) para verificar a segurança e a eficácia da medicação.

"Creio que o consenso entre os médicos envolvidos foi que queremos usar esta droga. Por isso, se tornou tão popular enquanto é experimental", explica Leslie Boyer, médica principal do estudo.

A droga já está disponível no México há vários anos, mas ainda precisa ser aprovado pela Food and Drug Administration (FDA), nos Estados Unidos. O estudo conduzido pela UA, que começou em 2004, é parte do processo de aprovação da FDA.

Até agora, os resultados mostram que a medicação diminui os efeitos do veneno rapidamente, permitindo que os pacientes retornem para casa em cerca de quatro horas, sendo evitada o pernoite em um hospital ou unidade de cuidados intensivos, disse Boyer. "Nós temos tratado cerca de 1.500 pacientes dessa forma, em todo o estado, nos últimos anos".

Cerca de 25 hospitais americanos participam do estudo, incluindo Banner Thunderbird Medical Center, em Glendale, West Valley Hospital, em Goodyear; Phoenix Children's Hospital, Chandler Regional, Mercy Gilbert e centros médicos Casa Grande, Arizona e Sudeste Medical Center, em Douglas.

Os médicos devem completar a formação e seguem um protocolo de tratamento determinado pela FDA. Os doentes devem dar o seu consentimento antes de receber o antiveneno.

A equipe ressalta, entretanto, que o processo de aprovação é longo e que os pesquisadores tentam garantir a eficácia do produto, mas que a segurança está em primeiro plano.

O medicamento foi produzido a partir do veneno do escorpião casca, um dos mais perigosos para os humanos. Estima-se que cerca de oito mil pessoas sejam picadas a cada ano, sendo mais decorrente entre as crianças.

Os adultos costumam sentir dor na região da picada, dormência, formigamento e, em alguns, é comum a visão turva. A maioria nem precisa de atenção médica, mas outros - quase sempre as crianças - necessitam de hospitalização.

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   Antiveneno    Escorpião    Anascorp    FDA    Segurança    Eficácia    Testes   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Antiveneno    escorpião    Anascorp    FDA    segurança    eficácia    testes   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.