Ciência e Tecnologia
publicado em 01/09/2010 às 16h00:00
   Dê o seu voto:

Pesquisa mostrou que consumo elevado de alimentos gordurosos pode ser prejudicial, independente de causar obesidade

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: Divulgação/Univ. do Alaska
Jovens adolescentes comem sorvete como sobremesa após refeição em refeitório
  « Anterior
Próxima »  
Jovens adolescentes comem sorvete como sobremesa após refeição em refeitório

Meninas que têm uma dieta rica em gordura durante a puberdade, ou mesmo aquelas que não estão com sobrepeso ou obesas, podem estar em um risco maior de desenvolverem câncer de mama mais tarde na vida, segundo pesquisadores da Michigan State University, nos Estados Unidos.

As implicações e os efeitos prejudiciais de um cardápio rico em gordura, independente de causar obesidade, podem aumentar os esforços de prevenção da doença.

"O período da puberdade é crucial, pois é quando a estrutura básica para o desenvolvimento das glândulas mamárias é formada", disse a professora Sandra Haslam. "O que estamos vendo, a partir de pesquisas preliminares em animais, é que uma dieta rica em gordura, durante a puberdade, pode levar à produção de produtos inflamatórios na glândula mamária das mulheres adultas, com risco de desenvolvimento de câncer."

O trabalho baseia-se em uma pesquisa anterior da equipe, ao descobrir que o hormônio progesterona ativa genes que provocam inflamação na glândula mamária. A inflamação pode ser um fator chave no aumento do risco do câncer de mama.

Haslam e o professor Richard Schwartz identificaram que uma dieta rica em gordura, durante a puberdade, produziu muitos dos mesmos efeitos vistos como parte de sua pesquisa com progesterona.

"Entender quais genes foram ativados pela progesterona nos levou a olhar para alguns dos mesmos suspeitos nas dietas ricas em gordura", disse Schwartz. "Parece que ambos os processos podem levar a uma inflamação nas glândulas mamárias."

Uma vez que estas alterações inflamatórias ocorrem durante o primeiro momento crucial da puberdade, um período de intenso desenvolvimento e divisão celular, elas podem ter efeitos duradouros na vida.

Para testar suas conclusões, Haslam e Schwartz vão liderar uma equipe de análise de dois modelos diferentes de ratos com câncer de mama e os efeitos das dietas ricas em gordura durante a puberdade. Eles também vão testar várias intervenções antiinflamatórias projetadas para superar os efeitos negativos de uma dieta rica em gordura na inflamação.

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   Câncer de mama    Dieta rica em gordura    Puberdade    Sandra Haslam    Michigan State University   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
câncer de mama    dieta rica em gordura    puberdade    Sandra Haslam    Michigan State University   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.