Geral
publicado em 24/08/2010 às 19h08:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+

Na próxima sexta-feira (27), o Hospital Estadual da Criança de Feira de Santana (BA), será inaugurado com capacidade para 80 leitos. A previsão é que no final do primeiro ano, serão 150 leitos. No segundo ano, esse número será ampliado para 280 leitos, sendo 40 de UTI e 30 de semiUTI.

O número de atendimentos também deve aumentar no decorrer dos meses. A expectativa para o final do primeiro ano é que tenham sido realizadas mais de oito mil internações e 48 mil consultas.

O hospital conta com equipamentos para a realização de exames como endoscopia, tomografia computadorizada, ultrassonografia e radiografia.

Entre as especialidades pediátricas que serão oferecidas, estão traumato-ortopedia, pneumologia, nefrologia, otorrinolaringologia, cirurgia geral, clínica geral e atendimento às urgências e emergências clínicas. A partir do 13º mês de funcionamento, os pacientes também poderão contar com as especialidades de oncologia e cardiologia.

Recém-nascidos e adolescentes de até 18 anos poderão receber atendimento no HEC.

Além dos leitos, o hospital possui brinquedoteca, espaço para acompanhantes, salas e alojamentos destinados aos estudantes da área de saúde e um heliporto (única unidade do interior preparada para receber pacientes transportados em helicóptero).

A diretora técnica do HEC, Edilma Reis, afirmou que a capacidade de atendimento já foi estimada e será aumentada a cada ano. "Como todo serviço, o hospital vai ampliar os atendimentos de forma escalonada. São procedimentos de alta complexidade que precisam ser iniciados de forma gradativa".

Edilma Reis disse que haverá classificação de risco para priorizar os atendimentos. "Esse protocolo que classificará os riscos do paciente é muito importante e já está sendo utilizado em vários lugares do país, a exemplo de Minas Gerais, Rio de Janeiro e Porto Alegre. Nossa intenção é dar uma segurança maior para os pacientes que chegam na emergência. A prioridade não será por ordem de chegada e sim por gravidade do caso. Uma criança com convulsão será atendida primeiro do que um paciente que chegar com febre baixa".

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   Pediatria    Hospital da Criança    Atendimento    Bahia    Feira de Santana   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Pediatria    Hospital da Criança    atendimento    Bahia    Feira de Santana   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.