Ciência e Tecnologia
15.07.2010

Câncer de boca em jovens é mais incidente no público feminino

Pesquisa da Faculdade de Odontologia da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) estudou o comportamento do câncer de boca

Enquanto o número de portadores de câncer de boca em pessoas acima de 40 anos é predominantemente masculino, quando analisado o público mais jovem que desenvolve a doença, precocemente, o perfil se inverte. É o que mostrou uma pesquisa realizada na Faculdade de Odontologia da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) que estudou o comportamento do câncer de boca.

O objetivo do cirurgião-dentista, Roger Santos da Silva, especializado em estomatologia e autor do estudo, foi mapear as principais características do tumor bucal em língua e cavidade oral em pessoas mais novas, apesar da incidência ser mais rara antes dos 40 anos.

Foram analisados casos de pacientes atendidos nos últimos 20 anos em quatro centros especializados de diferentes países. Os resultados obtidos mostraram que, nos mais novos, 43% dos pacientes eram mulheres, metade não fumava e 41% não bebiam. Esse conjunto de especificidades é muito diferente das mapeadas pela pesquisa nacional de câncer na cavidade oral publicada na Revista Brasileira de Otorrinolaringologia. Neste trabalho feito com 300 pacientes de todas as idades (idade média foi 57 anos), 81% eram homens, 76,8% tabagistas e 74% consumidores de álcool.

A resposta para as características tão diferentes do câncer de boca de acordo com a faixa etária ainda não é clara, mas para o autor da pesquisa a carga genética relacionada ao câncer estava em maior intensidade do que nos mais velhos.

Fonte: APCD