Ciência e Tecnologia
23.03.2010

Fibra natural encontrada em algas marinhas podem combater a obesidade

Estudo mostrou que o alginato foi capaz de reduzir a absorção de gordura em até 75 %, sendo melhor que os tratamentos atuais

Foto:Divulgação
O alginato, fibra natural encontrada nas algas marinhas, é capaz de reduzir a absorção de gordura
O alginato, fibra natural encontrada nas algas marinhas, é capaz de reduzir a absorção de gordura

Pesquisa recente da Universidade de Newcastle descobriu que o alginato, fibra natural encontrada nas algas marinhas, é capaz de reduzir a absorção de gordura em mais de 7 %. A descoberta levou os cientistas a acreditarem que ela pode ser a chave para o combate da obesidade. A equipe do estudo, liderada por Iain Brownlee e Jeff Pearson, está adicionando fibras de algas marinhas aos pães para ver se esses alimentos se tornam auxiliares na perda de peso, enquanto são ingeridos. Eles testaram a eficácia de mais de 60 diferentes fibras naturais, medindo a quantidade de gordura que acabou digerida e absorvida em cada tratamento.

" O objetivo deste estudo foi colocar esses produtos naturais em teste e nossos resultados iniciais mostraram que o alginato reduziu significativamente a digestão de gordura. Isto sugere que, se acrescentando a fibra natural a produtos comumente consumidos por dia, como pão, bolachas e iogurtes, até três quartos da gordura contida na refeição, poderia simplesmente passar através do corpo, sem ser absorvida" , explica Brownlee.

O líder do estudo relatou, ainda, que o alginato já é comumente usado em nível baixo em muitos alimentos e, quando foi adicionado ao pão, como parte de um teste de gosto, revelou maior textura e benefícios que um pão branco padrão.

A equipe de pesquisa acredita que estes resultados iniciais sugerem que a fibra natural poderia oferecer uma solução mais real na batalha contra a obesidade, sendo mais eficientes do que os tratamentos anti-obesidade utilizados atualmente.

Fonte: Isaude.net