Foto Saúde
24.10.2013

Hospital da mulher vira referência no tratamento de prematuros

O espaço é dedicado às mulheres enquanto os recém-nascidos estão sob cuidados na Unidade de Tratamento Intensiva

Foto: Rogério Santana/SECOM RJ
Hospital da Mulher Heloneida Studart (HMHS), em São João de Meriti, vem mantendo entre seus indicadores assistenciais números comparáveis a unidades de saúde de padrão internacional
Hospital da Mulher Heloneida Studart (HMHS), em São João de Meriti, vem mantendo entre seus indicadores assistenciais números comparáveis a unidades de saúde de padrão internacional

O Hospital da Mulher Heloneida Studart, em São João de Meriti, na Baixada Fluminense, é a primeira rede pública a contar com a Casa da Mãe. O espaço é dedicado às mulheres enquanto os recém-nascidos estão sob cuidados na Unidade de Tratamento Intensiva Neonatal.

O hospital estadual é destinado às parturientes que moram há mais de 50 quilômetros de distância, ou em locais de difícil acesso. O espaço garante o contato direto e o aleitamento materno, importantes para o desenvolvimento do bebê.

Inaugurado em 2010, o Hospital da Mulher já realizou mais de 11 mil partos. Ele conta com 27 leitos, distribuídos em UTI`s neonatal, área de pediatria e enfermaria. Na unidade, as mães têm acesso aos exames básicos durante a gestação, além dos testes indispensáveis para o bebê após o nascimento.

Governo RJ
Unidade, inaugurada em 2010, conta com grande estrutura para cuidar das mães do Estado antes, durante e após a gestação

Fonte: Isaude.net