Saúde Pública
19.10.2013

Tinta com chumbo causa 600 mil casos de deficiência em crianças

O alerta acontece durante a Semana Internacional de Envenenamento por Chumbo. Apenas 30 países proibiram o uso do metal

A presença de chumbo em tintas causa sérios danos à saúde das crianças, com 600 mil casos por ano de menores que sofrem deficiência intelectual após exposição ao produto.

Segundo a Organização Mundial da Saúde, 99% das crianças afetadas vivem em países de rendas baixa e média. A diretora de Saúde Pública da OMS, Maria Neira, disse que são necessárias várias ações a nível global para minimizar o problema.

"É um grave problema para muitos sistemas do corpo. A parte positiva é que a gente é que podemos tomar medidas para minimizar este problema, eliminando o chumbo da composição das tintas.

Por ano, mais de 143 mil pessoas morrem pela contaminação com o chumbo. O metal é um dos 10 químicos de grande preocupação para a saúde pública, segundo a OMS.

Além das mortes, o contato com o chumbo pode causar convulsões, coma, nanismo e abortos.

A alerta foi divulgado durante a Semana Internacional da Prevenção de Envenenamento por Chumbo.

O elemento pode ser encontrado em casas, brinquedos e móveis. Quanto a pintura de uma parede descasca, por exemplo, o pó causado pela tinta com chumbo pode ser facilmente absorvido por crianças pequenas.

A OMS destaca que muitas crianças também colocam na boca brinquedos pintados com tinta com chumbo ou engolem pequenas lascas de tinta, já que o metal tem um gosto adocicado.

Até o momento, 30 países já eliminaram o metal, mas a meta é que o número cheque à 70 nações até 2015.

Fonte: Isaude.net