Saúde Pública
29.09.2013

Hábitos saudáveis devem ser incentivados nos primeiros 10 anos de vida

A saúde infantil é o foco da Organizção Mundial Saúde no Dia Mundial do Coração, comemorado neste domingo (29)

Foto: Divulgação/Ceceducarte
Crianças devem ser incentivadas à praticar exercícios físicos antes dos 10 anos
Crianças devem ser incentivadas à praticar exercícios físicos antes dos 10 anos

Crianças sem hábitos alimentares saudáveis ou que não praticam atividades físicas têm mais chances de desenvolver problemas cardiovasculares na idade adulta.

Por isso, a saúde infantil é o foco do Dia Mundial do Coração 2013, celebrado neste domingo, 29 de setembro, com o tema, "Take the road to a realth heart" (Pegue o caminho para um coração saudável). A campanha é da Federação Mundial do Coração, em parceria com a Organização Mundial da Saúde (OMS).

Segundo a federação, as doenças cardiovasculares, como derrames, infartos, diabetes e hipertensão, causam 17,3 milhões de mortes por ano no mundo, um número que vai atingir a casa dos 23 milhões em 2030.

De acordo com o médico da Sociedade Brasileira de Cardiologia, Carlos Alberto Machado, a prevenção deve começar nos primeiros 10 anos de vida. "Porque a doença que leva depósito de gordura na parede da artéria aumentando as possibilidades do indivíduo ter um evento cardiovascular, um infarto, um derrame, começa na primeira década de vida. Quanto mais precoce nós fizermos o diagnóstico, mais adequado será o tratamento e os resultados. Por isto destacamos a grande importância do início precoce de um melhor controle da alimentação e do incentivo à pratica de atividade física regular."

Machado lembra que a atitude dos pais é fundamental para que crianças e adolescentes não passem tanto tempo na frente do computador ou da TV e comam mais frutas e verduras.

Para mudar esses hábitos, a Sociedade Brasileira de Cardiologia está realizando campanhas educativas em escolas, promovendo a merenda saudável e conscientizando alunos e professores.

Conheça os principais direcionamentos da campanha

Fonte: Isaude.net