Saúde Pública
06.09.2013

Amazonas registra primeira morte por H1N1 em 2013

Vítima de 35 anos morava no município de Eirunepé, a mil quilômetros da capital. Em 2013 dois casos foram confirmados no estado

A Fundação de Vigilância Sanitária e Saúde de Manaus (FVS) confirmou, nesta quinta-feira (5), a primeira morte causada por gripe A (H1N1), ocorrida no sábado (1º). A vítima era um comerciante, de 35 anos, que morava no município de Eirunepé, a mais de mil quilômetros de Manaus. Neste ano, apenas dois casos da doença foram confirmados no estado amazonense. Em 2012, foram nove registros de contaminação pelo vírus H1N1 e duas mortes.

No Rio de Janeiro

No dia 22 de agosto, a Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro, confirmou a quarta morte este ano, por causa da gripe A (H1N1), na capital. No estado do Rio, em cinco dias ocorreram 39 casos e dez óbitos pela gripe. De acordo com a Superintendência de Vigilância Epidemiológica e Ambiental da Secretaria de Estado de Saúde, os casos de gripe provocados pelo vírus do tipo Influenza A (H1N1) "não têm se mostrado mais graves do que os demais casos de vírus Influenza".

A prevenção da gripe é feita com regras básicas de higiene, como cobrir a boca ao tossir ou espirrar e lavar as mãos com frequência. Também é recomendado evitar permanecer por muito tempo em ambientes fechados, sem ventilação e com aglomeração de pessoas.

Fonte: AGÊNCIA BRASIL