Geral
20.08.2013

Biomarcadores preveem momento de recorrência do câncer de ovário

Análise é capaz de discriminar entre pacientes com alto e baixo risco de reincidência do câncer e pode auxiliar tratamento

Pesquisadores dos Estados Unidos identificaram biomarcadores de proteínas capazes de prever o tempo de recorrência do câncer de ovário.

A equipe desenvolveu ainda um índice do câncer de ovário dirigido por proteína (PROVAR).

O câncer de ovário permanece muitas vezes despercebido até que esteja em um estágio avançado. Apesar das respostas positivas ao tratamento inicial, muitos pacientes estão em risco de recorrência do tumor.

Uma multiplicidade de marcadores genéticos foi implicada no prognóstico do câncer do ovário. No entanto, o teste genético necessário não é prático ou não está disponível a preços acessíveis em um ambiente clínico.

Usando PROVAR, o pesquisador Roel Verchaak e seus colegas do MD Anderson Cancer Center, nos EUA, foram capazes de discriminar entre doentes com alto e baixo risco de recorrência do câncer, bem como determinar o prognóstico de sobrevivência de curto prazo e de longo prazo.

De acordo com os pesquisadores, em combinação com o diagnóstico genético, a análise de biomarcadores de proteína pode ser útil para prever os resultados e determinar um plano de tratamento mais eficaz para pacientes de câncer de ovário.

Os resultados foram publicados no Journal of Clinical Investigation.

Fonte: Isaude.net