Geral
17.07.2013

FDA aprova primeiro dispositivo para diagnosticar TDAH

O Neuropsychiatric EEG-Based Assessment Aid analisa os impulsos elétricos produzidos pelas células nervosas do cérebro

O primeiro dispositivo médico projetado para ajudar os profissionais médicos a diagnosticar o Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade(TDAH) em crianças e adolescentes foi aprovado pelo os EUA Food and Drug Administration (FDA).

O Neuropsychiatric EEG-Based Assessment Aid (NEBA) registra e analisa os impulsos elétricos produzidos pelas células nervosas do cérebro. O dispositivo não-invasivo leva cerca 20 minutos para produzir resultados completos medindo as freqüências das ondas cerebrais teta e beta.

De acordo com o FDA, cerca de 9% dos adolescentes americanos têm TDAH, sendo a idade média de diagnóstico aos 7 anos.

O fabricante dos dispositivos NEBA apresentou dados de um estudo clínico com 275 crianças e adolescentes, na faixa etária de 6 a 17. O estudo constatou que o novo dispositivo ajudou profissionais a diagnosticar mais rapidamente crianças com TDAH, quando combinaram o novo dispositivo com a avaliação psicológica.

Fonte: Food And Drug Asministration