Saúde Pública
11.06.2013

Vacinação contra gripe tem melhor restultado dos últimos 15 anos no RS

Mais de 2,5 milhões de pessoas foram vacinadas em pouco mais de dois meses no Estado, representando 95% de cobertura

Foto: Gustavo Gargioni-Especial/Palácio Piratini
Rio Grande do Sul recebeu do Ministério da Saúde 3.2 milhões de doses
Rio Grande do Sul recebeu do Ministério da Saúde 3.2 milhões de doses

A vacinação contra a gripe no Rio Grande do Sul registrou os melhores resultados desde a primeira campanha contra a doença no final da década de 1990. Dados do Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunizações (SI-PNI) apontam que mais de 2,5 milhões de pessoas foram vacinadas em pouco mais de dois meses no Estado, representando 95% de cobertura. Em 2012, o número atingiu mais de 1,9 milhões, ou 89% de cobertura. Este ano, o RS recebeu do Ministério da Saúde 3.2 milhões de doses.

Além disso, 397 municípios ultrapassaram a meta de vacinar 80% dos grupos de risco - todos os 497 municípios do Estado receberam doses. A aplicação segue disponível nos postos de saúde até o final dos estoques. A coordenadora da divisão de vigilância epidemiológica da Secretaria de Saúde (SES), Marilina Bercini, comemorou os resultados históricos obtidos em pouco mais de dois meses de campanha. |Fizemos uma grande mobilização para sensibilizar a população. A procura massiva nos ajudou a alcançar uma cobertura nunca antes atingida. A melhor em menor tempo|, afirmou.

Na avaliação da médica, os números são melhores porque a campanha terminou antes do início do inverno, quando a população pode chegar protegida à estação, que é o período em que mais ocorrem casos de doenças respiratórias. |Ano passado, levamos mais de três meses para atingirmos 80%. Agora, ao fim de dois meses, alcançamos 95%. É uma grande diferença|, avaliou.

O secretário estadual da Saúde, Ciro Simoni, credita o sucesso do trabalho a uma preparação qualificada desde o ano passado. |Iniciamos este processo pedindo ao Ministério que antecipasse a vacinação e ampliasse o número de doses, e fazendo uma campanha massiva na mídia|. Ele acrescentou que mostrar permanentemente a importância da vacinação alavancou os dados. |No momento em que conseguimos imunizar um número significativo, temos uma redução certa da proliferação do vírus. Certamente teremos resultados positivos no inverno|, estimou.

Fonte: Isaude.net