Geral
06.06.2013

Equipe internacional afirma ter descoberto origem do câncer de mama

Tumores se originam a partir de disfunção nos telômeros localizados nas glândulas mamárias que pode produzir células malignas

Foto: Tyler Olson/Foto Stock
Tumor na mama tem origem nas células que formam os dutos mamários
Tumor na mama tem origem nas células que formam os dutos mamários

Cientistas da Indiana University, nos EUA e do Terry Fox Laboratory, British Columbia Cancer Agency, no Canadá, afirmam ter descoberto a origem do câncer de mama.

A pesquisa revela que os tumores da mama nascem a partir de uma disfunção dos telômeros localizados nas glândulas mamárias que pode levar à produção de células malignas.

Os resultados foram publicados na revista Stem Cell Reports.

A equipe, liderada por David Gilley e Connie Eaves, demonstrou que todas as mulheres, propensas ou não a desenvolver câncer de mama, têm uma classe particular de com telômeros, estruturas que formam as extremidades do cromossomo, muito curtos, independente da idade.

Os telômeros são essenciais para a integridade genômica, mas pouco se sabe sobre sua regulamentação na glândula mamária humana normal.

Segundo os pesquisadores, estes cromossomos com extremidades bem curtas, fazem com que as células fiquem mais propensas a sofrer mutações que podem desenvolver o câncer.

Eles demonstram que os telômeros cronicamente disfuncionais têm implicações potencialmente importantes para o desenvolvimento de certos tipos de câncer de mama.

Todas as mulheres terem células com telômeros bem curtos, no entanto, nem todas desenvolvem câncer de mama. A equipe explica que, em alguns casos, a multiplicação dessas células pode funcionar mal e produzir uma célula maligna.

O novo estudo permite aos cientistas entender o que está por trás do início do câncer de mama e estabelecer marcadores que possam auxiliar a detecção precoce da doença a partir de amostras de tecidos e sangue.

Fonte: Isaude.net