Ciência e Tecnologia
29.05.2013

Projeto inédito no país usa remo na reabilitação de pacientes com câncer de mama

Remama foi inspirado em um modelo internacional e é pioneiro no país para a reabilitação de pacientes em tratamento de câncer

O Icesp (Instituto do Câncer do Estado de São Paulo) recebeu da Rede de Reabilitação Lucy Montoro um equipamento que simula o remo e auxilia as pacientes com câncer de mama no processo de reabilitação.

O Remama foi inspirado em um modelo internacional e é pioneiro no país para a reabilitação de pacientes em tratamento desse tipo de câncer.

A ação terá três estágios: primeiro as pacientes que passaram por cirurgia ou sessões de quimioterapia farão exercícios de remada realizados no Icesp, posteriormente treinarão no "barco escola" no Centro de Práticas Esportivas da Universidade de São Paulo e, por fim, farão os exercícios na Raia Olímpica de Remo da USP.

O exercício desenvolvido pelo remo trabalha a musculatura, especialmente da região peitoral, contribuindo para o aumento da capacidade aeróbica e para o ganho de massa muscular.

O câncer de mama é o tipo mais comum entre as mulheres em todo o mundo, mas também acomete homens na proporção de um paciente do sexo masculino para dez mulheres.

Fonte: Isaude.net