Geral
26.04.2013

Hormônio recém-identificado estimula produção de células beta no organismo

Descoberta pode levar a novos tratamentos para diabetes tipo 2 no futuro e eliminar a necessidade de injeções de insulina

Foto: B. D. Colen/Harvard Staff
Peng Yi (a esq.) e Doug Melton, envolvidos na pesquisa
Peng Yi (a esq.) e Doug Melton, envolvidos na pesquisa

Cientistas dos EUA identificaram um hormônio que estimula a produção de células beta, responsáveis por fabricar insulina, em ratos. A descoberta pode levar a novos tratamentos para o tipo mais comum de diabetes no futuro.

As pessoas têm a sua própria versão desse hormônio, e o novo trabalho sugere que fornecer mais desse hormônio aos diabéticos pode ajudá-los a evitar injeções de insulina.

"Isso lhes daria um melhor controle de seus níveis de açúcar no sangue", afirma o autor da pesquisa Douglas Melton, da Universidade de Harvard.

O trabalho foi publicado na revista Cell.

Estima-se que 371 milhões de pessoas no mundo têm diabetes, que ocorre quando a insulina não consegue controlar os níveis de açúcar no sangue. Açúcar elevado no sangue pode levar a doenças cardíacas, derrame e danos aos rins, olhos e sistema nervoso.

Pelo menos 90% do diabetes é "tipo 2", e alguns destes pacientes têm de injetar insulina. Segundo Melton, o hormônio recém-identificado algum dia poderia capacitá-los a parar de utilizar injeções de insulina e ajudar outros pacientes diabéticos a evitá-las.

Melton e seus colegas demonstraram que o hormônio betatrophin é capaz de aumentar a produção de células beta no organismo de camundongos.

Quando eles fizeram o fígado de ratos secretarem mais hormônio pela inserção de cópias adicionais do gene, o tamanho da população de células beta triplicou em comparação com os ratos não tratados. Os testes indicaram que as novas células funcionaram normalmente.

A equipe ainda não sabe como o hormônio funciona. Agora, eles querem criar uma forma injetável que pode ser testada em ratos diabéticos. Se tudo correr bem, os testes em pessoas poderiam seguir com bastante rapidez.

harvardstemcell
Hormônio recém-identificado estimula produção de células beta no organismo

Fonte: Isaude.net