Saúde Pública
14.03.2013

Estado do Rio registra 35 municípios em situação de epidemia de dengue

A região Noroeste Fluminense é a que mais tem cidades em situação epidêmica. Quase todos os municípios estão em alerta

Foto: SECOM RJ
Quase todos os municípios do Noroeste Fluminense estão em situação de alerta
Quase todos os municípios do Noroeste Fluminense estão em situação de alerta

A epidemia de dengue já afeta 35 municípios do estado do Rio, segundo a Superintendência de Vigilância Epidemiológica e Ambiental da Secretaria de Estado de Saúde. Os dados divulgados nesta semana mostram que o número representa 38% dos municípios do estado.

A região que registra o maior número de cidades com epidemia é o Noroeste Fluminense, onde quase todos os municípios estão em situação de alerta, com exceção de Varre-Sai.

Durante a 10ª semana epidemiológica de 2013 (de 1º de janeiro até 9 de março) foram notificados 41.409 casos suspeitos de dengue em todo o estado, 8 mil casos a mais do que os dados registrados no mesmo período de 2012.

Segundo a secretaria, não houve registro de mortes pela doença até o momento.

Epidemia

Entre os critérios considerados para que um município entre em epidemia está o registro de mais de 300 casos por 100 mil habitantes, curva ascendente de transmissão da doença sustentada por três semanas ou mais consecutivas, e com números acima do limite esperado para a localidade num determinado período de tempo.

Centros de Hidratação

A Secretaria de Estado de Saúde já implantou, em parceria com as prefeituras, 46 Centros de Hidratação em 30 municípios do estado. As regiões do Noroeste e Médio Paraíba são as que concentram mais centros. Entre os municípios, o que tem mais unidades é Volta Redonda, com oito no total.

Acesse a lista dos centros hidratação aqui.

Fonte: Isaude.net