Geral
01.03.2013

Serviços móveis de imagem ultrapassam os 85 mil exames no Rio

O tomógrafo computadorizado e a ressonância magnética móveis tornam acessível o diagnóstico avançado por imagem

Foto: SECOM RJ
Paciente durante exame de tomografia em unidade móvel no Rio de Janeiro
Paciente durante exame de tomografia em unidade móvel no Rio de Janeiro

As duas carretas de tomografia móvel e uma de ressonância já realizaram cerca de 85 mil exames em mais de 65 mil pacientes em 57 municípios do Rio de Janeiro. O tomógrafo computadorizado e a ressonância magnética móveis tornam acessível o diagnóstico avançado por imagem a pacientes da rede do Sistema Único de Saúde (SUS). Instalado sem uma carreta especial, fabricada e montada por uma empresa dos Estados Unidos, os serviços ficam disponíveis de 15 a 35 dias em cada região.

Pioneiro no país, o projeto do governo estadual assegura a realização de exames em usuários que moram em cidades em que não há esse tipo de avaliação ou em locais onde o serviço não é capaz de suprir a demanda. Os equipamentos de tomografia e ressonância podem realizar um procedimento em 1 e 20 minutos, respectivamente. Em unidades privadas, estas avaliações custam entre R$ 250 e R$ 500.

Fonte: Isaude.net