Geral
22.02.2013

Dieta rica em ômega 3 inibe crescimento do câncer de mama em 30%

Pesquisa feita em ratos revela que a exposição ao ácido graxo ao longo da vida reduz o risco de câncer

Dieta rica em ácidos graxos ômega 3 ao longo da vida pode inibir o crescimento de tumores de câncer de mama em 30%, de acordo com pesquisa da Universidade de Guelph, no Canadá.

O estudo, segundo os pesquisadores, é o primeiro a oferecer evidência inequívoca de que o ômega 3 reduz o risco de câncer.

"É uma descoberta importante. Nós mostramos que a exposição ao longo da vida ao ômega 3 tem um papel benéfico na prevenção da doença, neste caso, na prevenção do câncer de mama", afirma um dos autores da pesquisa David Ma.

Ma e seus colegas criaram um rato transgênico novo que tanto produz ômega 3 quanto desenvolve agressivos tumores mamários. A equipe comparou esses animais com ratos geneticamente modificados só para desenvolver os mesmos tumores.

"Este modelo fornece uma abordagem puramente genética para investigar os efeitos da exposição ao ômega 3 ao longo da vida e o desenvolvimento do câncer de mama", afirma Ma.

Os resultados mostraram que ratos que produzem ômega 3 desenvolveram apenas dois terços de tumores, e os tumores eram 30% menores, em comparação com os ratinhos de controle.

"A diferença pode ser unicamente atribuída à presença de ômega 3 nos camundongos transgênicos, o que é significativo. O fato de um nutriente de alimentos ter um efeito significativo sobre o desenvolvimento e crescimento do tumor é notável e tem implicações consideráveis para a prevenção do câncer de mama", destaca Ma.

Os pesquisadores esperam que o estudo possa levar a uma maior investigação sobre o uso da dieta para reduzir o risco de câncer e sobre os benefícios de uma vida saudável.

Fonte: Isaude.net