Geral
21.02.2013

Finep impulsiona exportação de nanotecnologia brasileira para o exterior

A empresa brasileira Nanox, primeira empresa brasileira a exportar nanotecnologia, inaugura filial nos Estados Unidos

Foto: Nanox
Antimicrobianos tem aplicação essencial em embalagens plásticas para alimentos
Antimicrobianos tem aplicação essencial em embalagens plásticas para alimentos

A nanotecnologia brasileira, que já chegou ao exterior, dá mais um passo para conquista definitiva do mercado estrangeiro. Isso porque a Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) destinou apoio de cerca de R$ 2,5 milhões para A Nanox S.A, que exporta materiais bactericidas inorgânicos, abrir uma filial nos Estados Unidos, onde se encontra a maior parte de seus clientes.

A aplicação da tecnologia dos antimicrobianos, foco de pesquisa da empresa está, principalmente, nas embalagens plásticas para alimentos. Além disso, a nanotecnologia comercializada abrange produtos de linha branca, bebedouros, equipamentos odontológicos, carpetes, pisos e revestimentos cerâmicos.

Vencedora brasileira do Prêmio FINEP de Inovação em 2007, a Nanox também recebeu o reconhecimento do Instituto de Tecnologia de Massachussets (MIT) pelo trabalho de produção de materiais para o mercado de plásticos.

A empresa tem sede em São Carlos (SP), e foi fundada através de sociedade de três amigos no Instituto de Química da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (Unesp) de Araraquara. A Nanox foi a primeira companhia brasileira a exportar nanotecnologia, e é líder no mercado nacional.

Com informações da Unesp

Fonte: Isaude.net