Geral
06.02.2013

Anvisa avalia segurança e qualidade do ar nas indústrias farmacêuticas

Agência verifica adaptação das indústrias farmacêuticas sobre filtração adequada de ar no processo de fabricação

As empresas fabricantes de medicamentos localizadas no Brasil têm até esta quinta-feira (7) para responder e enviar à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) o formulário com informações sobre o desenho e a instalação dos sistemas de tratamento de ar destinados a abastecer suas áreas produtivas.

A decisão foi publicada em janeiro por meio do Edital de Requerimento de Informação no 1/2013. A capacidade dos sistemas de tratamento de ar em assegurar os níveis adequados de filtração, renovação de ar e diferenciais de pressão requeridos pela legislação é fundamental para que os medicamentos fabricados tenham qualidade e segurança para consumo.

A partir das informações recebidas, a Anvisa faz um levantamento da situação das empresas, com base em determinações legais, que trata das Boas Práticas de Fabricação de Medicamentos. O prazo concedido para envio dos formulários é de 30 dias, contados a partir da publicação do edital.

De acordo com as normas de qualificação de ar, as empresas tem prazos para investirem e providenciarem a adaptação, uma vez que que o sistema seguro implica em algumas normas, como áreas produtivas com sistema de ar exclusivos, com instalações de antecâmaras na entrada das áreas, monitoramento do diferencial de pressão, além da qualificação do sistema.

Clique aqui e acesse o tutorial com orientações sobre o preenchimento do formulário.

Fonte: Isaude.net