Geral
04.02.2013

Caminhar 10 minutos por dia reduz risco de ataque cardíaco pela metade

Estudo mostra que pequena quantidade de exercício leve tem grande efeito sobre as pessoas com estilos de vida sedentários

Foto: Corbis Free
Mesmo níveis moderados de exercício, como caminhada, trazem benefícios para pessoas com predisposição à pressão alta
Mesmo níveis moderados de exercício, como caminhada, trazem benefícios para pessoas com predisposição à pressão alta

Caminhar apenas 10 minutos por dia pode reduzir o risco de ataque cardíaco em 50%, de acordo com pesquisadores da Clínica Mayo, nos EUA.

A pesquisa afirma que apenas uma pequena quantidade de exercício leve tem um grande efeito sobre as pessoas com estilos de vida sedentários. As informações são do Daily Mail.

"Quando digo às pessoas que quase 80% das doenças cardíacas são evitáveis, elas se surpreendem. Melhor ainda, há coisas cotidianas que todos nós podemos fazer que provocam grande mudança em nosso esforço para manter nossos corações saudáveis", afirma a pesquisadora Martha Grogan.

Segundo Grogan, um estilo de vida sedentário aumenta o risco de ataque cardíaco quase tanto como o fumo, e simplesmente se levantar de uma mesa para falar com um colega em vez de enviar um e-mail pode ajudar a reduzir esse risco. "Andar 10 minutos por dia para alguém sedentário pode reduzir o risco de doença cardíaca em 50%", afirma.

A equipe mostrou ainda que dormir por tempo suficiente também foi vital para um menor risco cardíaco. "O sono é uma necessidade, como comida e água. Não é um luxo", afirmam.

O pesquisador Randal Thomas, também da Clínica Mayo, apontou o perigo da pressão alta, que em um homem fumante de 53 anos aumenta a chance de ataque cardíaco em 20% ao longo de dez anos.

Fonte: Isaude.net