Saúde Pública
12.01.2013

Começa primeira etapa de mutirão ortopédico cirúrgico 2013 no Piauí

Meta é ultrapassar os números do último mutirão, quando 42 pessoas passaram por cirurgias de média e alta complexidade

Foto: SES/PI
Procedimento sendo realizado no Hospital Getúlio Vargas. (HGV ), que pretende superear números do último mutirão
Procedimento sendo realizado no Hospital Getúlio Vargas. (HGV ), que pretende superear números do último mutirão

O Mutirão Cirúrgico Ortopédico do Hospital Getúlio Vargas (HGV) no Piauí, inicia neste sábado(12), a primeira etapa 2013 dos procedimentos nos pacientes que passaram por exames pré-operatórios nesta sexta-feira(11). A previsão é superar os números do último mutirão, quando 42 pessoas passaram por cirurgia.

Segundo o diretor geral do HGV, Carlos Iglézias Brandão, 38 pacientes do Hospital de Urgência de Teresina(HUT) já estão internados no Hospital. Os mutirões são parte das ações conjuntas do Governo do Estado e Prefeitura da Teresina, para agilizar e ampliar o volume cirúrgico em ortopedia, cujo aumento da demanda se deve, principalmente, aos acidentes de trânsito, cada vez mais frequentes e graves.

" Nosso planejamento tem como objetivo aliviar a demanda reprimida do Ambulatório Integrado do HGV (Prédio Azul) e, principalmente, desafogar o HUT, fazendo com que haja uma maior liberação de leitos de urgência e emergência para outros pacientes que procuram aquele Hospital. Por isso, estamos destinando todos os esforços para que essa resolubilidade aconteça" , explica.

Fonte: Isaude.net