Saúde Pública
08.01.2013

Em três anos, número de casos confirmados de dengue cai 90% no Paraná

Foram confirmados 3.068 casos de dengue em 2012 contra 33.456 casos da doença em 2010, segundo governo

Foto: SES/PR
No Paraná, em 2012 foram confirmados 3.068 casos de dengue, o que representa 90% de redução em comparação com 2010
No Paraná, em 2012 foram confirmados 3.068 casos de dengue, o que representa 90% de redução em comparação com 2010

Desde 2010, o número de casos confirmados de dengue vem reduzindo gradativamente em todo o Paraná. Em 2012 foram confirmados 3.068 casos de dengue, o que representa 90% de redução em comparação com 2010, quando foram registrados 33.456 casos da doença.

Segundo informou a Secretaria Estadual de Saúde, com a vigilância constante para o combate à doença e o apoio aos municípios, foi possível reverter a situação encontrada no início de 2011, quando o estado já enfrentava uma epidemia da doença. " Nosso objetivo foi desencadear ações para conter o avanço da dengue e estruturar os serviços de atendimento aos doentes para evitar mortes" explicou o secretário da Saúde, Michele Caputo Neto. Em 2011 foram confirmados 28.970 casos de dengue, uma redução de 13% em relação a 2010.

O número de mortes em decorrência da doença também diminuiu. Em 2010 e 2011 foram registradas 15 mortes a cada ano e em 2012 somente uma pessoa morreu no Estado em decorrência da dengue. Um dos fatores para essa queda é o investimento feito em capacitações de profissionais de saúde para o diagnóstico e tratamento. " Os profissionais estão mais atentos e a população também. Isso é importante, porque os sintomas da dengue são semelhantes aos de outras doenças" , afirma o coordenador da sala de situação da dengue, Ronaldo Trevisan.

Números

A Sala de Situação da Dengue também divulgou o novo boletim com números da doença no Paraná. De agosto de 2012 até esta segunda-feira (7) já foram confirmados 478 casos de dengue, sendo que um apresentou a forma grave da doença, mas já foi curado. Até o momento nenhuma morte foi registrada e os municípios com maior número de casos foram Peabiru (182), São Carlos do Ivaí (91) e Paranavaí (49).

Desde 2011, o Paraná passou a utilizar uma metodologia cronológica diferente para analisar os casos da dengue. O calendário leva em conta a curva epidemiológica da doença, que geralmente tem seu pico durante o verão. Com isso, os dados começam a ser analisados em agosto e são fechados em julho do ano seguinte.

De acordo com a Sala de Situação da Dengue, 97 municípios estão em situação de alerta, pois apresentam índices de infestação entre 1% e 4%. Alguns municípios apresentaram índices menores que 1% mas têm ocorrência de casos de dengue, a exemplo de Peabiru, no noroeste do Estado, que já contabiliza 182 casos confirmados da doença.

Fonte: Isaude.net