Geral
02.01.2013

No primeiro dia de novo mandato, prefeito do Rio lança ponto biométrico

Aparelho monitora falta de funcionários nos plantões de hospitais. Sistema busca aumentar controle dos gastos na cidade

Ao tomar posse nesta terça-feira (1º) para o segundo mandato como prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes anunciou um conjunto de propostas da nova gestão, que incluem, entre outras ações, a implantação do ponto biométrico para médicos da rede municipal (identificação pela impressão digital). As medidas foram publicadas em forma de 40 decretos na edição do Diário Oficial do Município.

A instalação do sistema, segundo a prefeitura, busca aumentar o controle e transparência dos gastos na cidade.

O ponto biométrico ajuda a monitorar a falta de funcionários nos plantões de hospitais e Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) da rede estadual. Implantado em 2009, atualmente 23 UPAs e 10 hospitais contam com o aparelho.

Dados da Secretaria Estadual de Saúde mostram que a aferição vem reduzindo o número de faltas nos plantões médicos e melhorando a transparência para a população, que pode cobrar da Secretaria e também do profissional a sua presença nas unidades de saúde.

Com informações da Agência Brasil

Fonte: Isaude.net