Foto Saúde
31.12.2012

Secretaria de saúde do Rio monta megaoperação durante Réveillon de Copacabana

Seis postos médicos estarão à disposição da população, com 173 profissionais de saúde trabalhando durante todo o evento

Foto: Prefeitura do Rio de Janeiro
Réveillon em Copacabana terá seis postos médicos à disposição da população, com 173 profissionais de saúde
Réveillon em Copacabana terá seis postos médicos à disposição da população, com 173 profissionais de saúde

A Secretaria Municipal de Saúde e Defesa Civil (SMSDC) preparou um esquema especial de atendimento na orla de Copacabana durante a noite de Réveillon. Seis postos médicos estarão à disposição da população, com 173 profissionais de saúde trabalhando durante todo o evento, sendo 65 médicos. As unidades contarão, no total, com 67 leitos (com 12 de suporte avançado).

Para os casos mais graves, que necessitarem de remoção, 50 ambulâncias estarão de prontidão. Os postos ficarão na altura da Rua Princesa Isabel, da Praça do Lido, da Rua Paula Freitas, da Rua Santa Clara, da Rua Bolivar e da Rua Souza Lima e funcionarão a partir das 17 horas até o término dos festejos.

Todas as unidades estarão preparadas para atender as emergências, com equipamentos de suporte à vida para monitoração e estabilização dos pacientes. Os hospitais e UPAs municipais estarão com suas equipes prontas para dar apoio aos atendimentos mais graves e receber as transferências, que serão realizadas pela Central de Regulação. No último Réveillon, foram realizados 1.645 atendimentos e 87 remoções, das 17h do dia 31 dezembro às 5h30 do dia 1º de janeiro.

A secretaria recomenda que o público utilize roupas leves, faça uma alimentação saudável, não esqueça seus remédios habituais e hidrate-se bastante para poder curtir a festa. É importante também tomar cuidado com objetos perfurocortantes, especialmente garrafas.

Unidades de saúde 24 horas

Durante as festividades, 37 unidades da secretaria estarão à disposição da população na cidade. Todas vão funcionar por 24 horas para garantir o atendimento de emergência aos cariocas.

Fonte: Isaude.net