Geral
28.12.2012

Consumo de aspargos frescos pode ajudar a prevenir a ressaca

Vegetal é rico em aminoácidos e sais minerais que protegem as células do fígado das toxinas presentes nas bebidas alcoólicas

Foto: Ideia Gourmet
Aspargos aceleram a decomposição do álcool no organismo
Aspargos aceleram a decomposição do álcool no organismo

Cientistas da Jeju National University, na Coreia do Sul, descobriram que comer aspargos um pouco antes de sair para beber pode ajudar a evitar a ressaca do dia seguinte.

A pesquisa, publicada no Journal of Food Science, sugere que isso acontece porque aminoácidos e sais minerais encontrados no vegetal podem proteger as células do fígado das toxinas presentes nas bebidas alcoólicas.

A equipe de pesquisa analisou os componentes de folhas de espargos e compararam seus efeitos em células do fígado de ratos e humanos.

"A toxicidade nas células foi significativamente aliviada por meio do tratamento com folhas e brotos de aspargos. Estes resultados mostram como as funções biológicas do vegetal podem ajudar a aliviar a ressaca de álcool e proteger as células do fígado", afirma o líder do estudo B.Y Kim.

Os pesquisadores também analisaram os diferentes componentes do vegetal e descobriram que as folhas apresentaram maior quantidade de aminoácidos e de minerais. Sendo assim, eles afirmam que elas são mais benéficas na prevenção dos sintomas do consumo excessivo de álcool.

Esta não é a primeira vez que os espargos são classificados como tendo propriedades benéficas para a saúde. O vegetal é amplamente utilizado como medicamento natural, devido ao fato de que, acredita-se combater o câncer. Também combate os fungos, inflamação e funciona como diurético.

Pesquisa anterior realizada na Cheju National University School of Medicine, na Coreia, mostrou que os espargos são ricos em aminoácidos e que os aminoácidos estimulam as funções enzimáticas que aceleram a decomposição do álcool no organismo.

Fonte: Isaude.net