Geral
21.12.2012

Maternidade do Ceará mobiliza mães para reforçar estoque de leite humano

Banco de Leite alerta que os estoques do líquido e de frascos para armazenamento estão insuficientes

Foto: MEAC
Armazenamento de leite materno na Maternidade-Escola Assis Chateaubriand (MEAC)
Armazenamento de leite materno na Maternidade-Escola Assis Chateaubriand (MEAC)

O Banco de Leite Humano da Maternidade-Escola Assis Chateaubriand (MEAC), em Fortaleza (CE), continua em campanha visando aumentar a doação de leite humano para a unidade. O Banco de Leite alerta que os estoques do líquido e de frascos para armazenamento estão insuficientes. Segundo o Ministério da Saúde, um litro de leite materno doado pode alimentar até 10 recém-nascidos por dia.

Há 24 anos o Banco recebe as doações. A Coordenadora, enfermeira Sabrina Rocha, esclarece que o Banco de Leite necessita distribuir diariamente uma média de três litros para o consumo dos bebês internados na UTI neonatal e, portanto, precisa de doações para repor o estoque, que diminui neste período do ano.

A MEAC está em constante campanha, reforçando também o recebimento de vidros vazios (de maionese ou café solúvel) para armazenamento do leite materno. A doação precisa ser uma ação continuada, uma vez que a vida útil do recipiente é reduzida devido ao rigoroso controle de qualidade ao qual se submete.

A Maternidade compartilha com da ideia do Ministério da Saúde, que ao lançar a Campanha Nacional de Doação de Leite Materno 2012, comparou o ato de doar ao amor. "Quanto mais a gente doa, mais a gente tem", diz a Campanha. Um simples gesto pode salvar a vida de muitas crianças, além de proporcionar uma sensação de prazer às mães que praticam a solidariedade.

Com o leite materno, a criança tem mais chances de recuperação e fica protegida de infecções, diarreias e alergias. Além disso, o esvaziamento da mama estimula a produção do leite materno. O Banco de Leite funciona de segunda à sexta-feira, das 7h às 16h, na Rua Papi Júnior, s/n Rodolfo Teófilo. A coleta pode ser feita na casa da doadora, que deve estar amamentando, ter leite excedente e não estar tomando medicamento, dentre outros requisitos.

Acesse o site da campanha.

Fonte: Isaude.net