Geral
13.12.2012

SE forma equipes de saúde para realização de testes rápidos de sífilis e HIV

Ao todo, foram capacitados 100 profissionais entre médicos e enfermeiros que realizam atendimento nas unidades básicas de saúde

Foto: Agência Sergipe
Turma para capacitação do exame em Teste Rápido de Sífilis/HIV
Turma para capacitação do exame em Teste Rápido de Sífilis/HIV

Foi encerrado, nesta semana, em Sergipe, a 4ª turma para capacitação do exame em Teste Rápido de Sífilis/HIV. Ao todo, neste ano, foram capacitados 100 profissionais entre médicos e enfermeiros que realizam atendimento nas unidades básicas de saúde dos municípios sergipanos.

De acordo com a apoiadora institucional da SES e multiplicadora dos testes rápidos, Monalisa Almeida Fonseca, a intenção é que os profissionais capacitados se tornem executores e multiplicadores dos testes nos municípios. "Nossa meta é capacitar 100% dos profissionais da atenção básica em todo o estado', afirmou.

Ainda de acordo com ela, em 2013 serão ofertadas novas turmas. "Cada turma que é capacitada passa um total de 24 horas em sala de aula, sendo uma parte teórica com o conteúdo sobre o histórico da implantação dos testes, a parte de aconselhamento dos usuários, a questão da biosegurança e da validação dos testes. Por último é realizada a parte prática onde eles fazem os testes rápidos", explica.

Os teste rápidos para a detecção de HIV e sífilis foram instituídos através da Portaria nº 77 do Ministério da Saúde, de 12 de janeiro de 2012. A norma dispõe sobre a realização de testes rápidos na atenção básica, assim como testes rápidos para outros agravos, no âmbito da atenção pré-natal para gestantes e suas parcerias sexuais.

O recurso para a realização das capacitações foi encaminhado através do Projeto de Expansão e Consolidação da Saúde da Família, o Proesf do Ministério da Saúde.

Fonte: Isaude.net